terça-feira, 15 de novembro de 2011

Week 10 - Redskins 09 x 20 Dolphins

Vencer é bom e se for em casa - onde estavamos sem vencer a quase um ano - então é excelente. Vencer é o objetivo ( sempre ) de uma franquia. Mesmo que isso custe-nos um QB como Andrew Luck, mas existe um alento: existem outros bem cotados no Draft. Vamos ao tradicional post com imagens ( os criticos dirão que faço isso quando o time vence com mais ênfase. E daí? O Blog é meu e nele eu mando... ):

 O ataque do Miami foi mais balanceado no dia de ontem, mesmo que Matt Moore não tenha passado para TD ( e sofrido Interceptação ), ele teve uma atuação - como diria - até que razoável, pois fez o time andar ( e como andou ). O ataque parece não ser tão inoperante como deu a entender e me deixa até esperançoso para o ano que vem...

 Reggie Bush anda impossível nestas últimas 3 partidas: sempre com mais de 140 jardas conjugadas ( passe + corridas ) e marcando TDs. Ontem foram 2, um deles com uma jogada a tempos não vista por aqui ( onde nosso RB, perto da linha de TD, consegue entrar sem marcação alguma ) e outro fintando meio-mundo e contando com diversos tackles da Offensive Line, além da linha de Scrimmage, coisa rara também. Enfim, ele mostra que poderá ser extremamente útil no ano que vem. Ficando a ressalva que ainda insistem demais em usá-lo pelo meio, ainda mais quando Daniel Thomas ( saudável como agora ) disponível para isso...

 Por conta dos percalços desta temporada, nosso Light Tackle não irá ao Pro-Bowl. Mas se tivesse jogado a temporada inteira como tem atuado nestas 3 últimas, iria com certeza... Moore agradece, mesmo que ele tenha cometido uma Interceptação tosca até. Mas enfim, ele está apenas cobrindo buraco. E ele também merece certos ( comedidos ) elogios pela duas últimas atuações...
 A Cheers do Dolphins são famosas, nem tanto quanto às do Cowboys, mas estão entre os 5 melhores grupos com certeza. E como vencer é lindo, nada melhor do que embelezar ainda mais este post com esta bela ruiva. Mas tem de tudo: negras, morenas, loiras, asiáticas...

 Motivos para termos conseguido vencer duas partidas depois do começo da temporada passada? Bom, alguns claros e outros nem tanto, mas o mais vísivel está na foto acima: pressão no QB adversário. Começamos a pressionar e por consequência o rival erra, comete turnovers e não sai do lugar. Na foto, Sex Rex recebe sack de Cameron Wake. E a subida de produção dele é proporcional a nossa "tímida" melhorar...

 Alguém se lembra qual tinha sido a última vez em que Vontae Davis tinha feito uma interceptação? Tanto tempo que eu mesmo não me lembro. E nem fui buscar. Mas só de ele ter conseguido já é um feito e tanto. Méritos para ele e para Mike Nolan, que está pondo seu emprego a prova neste fim de temporada...

 Karlons Dansby, até aqui, vale cada centavo do seu altissimo salário. Interceptações de ILB no Miami só não são mais raras ( antes da chegada dele ) do que nossas idas a Super Bowls no últimos 30 anos. E Dansby já dobrou a marca dos últimos 6 anos em apenas um ano e meio. Feito notável é claro. E quem comemora como garoto ao lado de Dansby? Um senhor de 36 anos. Esse é o grande Jason Taylor...

 Aqui o lance de Dansby visto de outro lado, ele cercado por Kendall Langford (70), Sean Smith (24) e Vontae Davis (21). O lance decidiu a partida, porque o jogo estava 13 x 09 e no drive seguinte, Reggie Bush matou o jogo com o TD "fintado"...

 Ao final o cumprimento. Talvez um dos últimos que Sparano faça na condição de vitorioso como Coach do Dolphins. Porque último? Durante a semana explico, mas é que o calendário agora ficará - acreditem - pior do que foi até agora.

Nenhum comentário: