sábado, 23 de abril de 2011

Brandon Marshall leva facada e está hospitalizado

Marshall no dia da sua apresentação e quando disse: "quero ficar longe de confusões morando na Flórida". Parece que não ter conseguido... ele prometeu também conseguir um Vince Lombard. Espero que essa promessa ele consiga cumprir.

Do Diário NFL, do amigo Danilo Muller

O wide receiver do Miami Dolphins Brandon Marshall levou uma facada de sua esposa na noite de ontem e está hospitalizado em unidade de tratamento intensivo.

Apesar da facada ter sido no estômago, nenhum orgão vital foi atingido. Marshall passou por cirurgia e deverá sair do hospital ainda hoje e ter recuperação completa em 2 ou 3 semanas de acordo com as últimas informações. Já sua esposa foi presa acusada de agressão com o uso de arma.

Os representantes de Marshall divulgaram uma nota: “Tempos difíceis para a família Marshall. Felizmente ele terá uma completa recuperação , pedimos apenas que nossa privacidade seja respeitada”.

Comentário do Flávio: Sei não, mas existem certos jogadores que não conseguem ficar longe de confusão, mesmo quando tentam.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Calendário 2011: uma primeira impressão

12/09 - vs. New England Patriots - Monday Night
Existe algo pior do que começar jogando contra um dos 3 melhores times da NFL atualmente? De fato é osso. Mas por outro lado se o time conseguir vencer um rival desta grandeza logo de cara, o time pode engrenar. Depende apenas de nossos esforços.

18/09 - vs. Houston Texans
Se o primeiro jogo é contra um time odiado, o segundo eu nem sei como classificar. Apenas um time da NFL ainda não perdeu pra gente. Pois é, vencer o Texans é obrigação. Vale a temporada.

25/09 - at Cleveland Browns
Perdemos pro Browns nas últimas 3 vezes que os enfrentamos. Sabe quantos times conseguiram a proeza nos últimos 20 anos? Pois é, acho que deu pra sacar. Temos times equivalentes e por isso teremos que vencer.

02/10 - at San Diego Chargers
A última vez em que a Wild Cat funcionou pra valer, resultado em uma vitória convincente foi contra o Chargers. De lá pra cá a Wild Cat praticamente morreu e perdemos uma pro time de San Diego. Jogando fora de casa eu sinto cheiro de derrota.

09/10 - By Week

17/10 - at N.Y. Jets - Monday Night
Terceiro jogo fora de casa, horário nobre e o rival mais detestado? Vitória é claro. Não custa lembrar que vencemos as 3 últimas no estádio deles.


23/10 - vs. Denver Broncos
Voltando para a quente e ensolarada Flórida, que tal pegar um time de nível parecido? Se a campanha estiver perto dos .500 vencer será obrigação. Aliás, com qualquer porcentagem teremos que vencer. Brandon Marshall adorará vencer seu ex-time.


30/10 - at N.Y. Giants
Este é um dos jogos com palpite mais complexo da temporada. O time azul de NY oscila bastante. Só perto do jogo é que poderemos saber algo de mais concreto.


06/11 - at Kansas City Chiefs
Vencer em Kansas é raro pra várias equipes. Para o Miami não. Será que venceremos mais uma?

13/11 - vs. Washington Redskins
O time da Capital patina na NFL faz tempo, porém temos um histórico recente de derrotas. Momento ideal para quebrar esta escrita. E será, após 5 confrontos, em Miami.


20/11 - vs. Buffalo Bills
O primo pobre da divisão vem sendo o calo nas últimas temporadas. Por isso vencer é mais que obrogação.

24/11 - at Dallas Cowboys - Thanksgiving Day
Cowboys, jogo do dia de ação de graças, televisão... O que resulta disso tudo? Vitória do Miami.


04/12 - vs. Oakland Raiders
Raiders é um velho freguês do Miami. Vencemos 8 das últimas 9. Portanto manter a escrita é a receita.

11/12 - vs Philadelphia Eagles
Mesmo sendo em casa, cheiro de derrota no ar. Claro que pode ser o contrário, é óbvio.

18/12 - at Buffalo Bills
Ano passado vencemos lá, mas no começo da temporada. Agora será, provavelmente, na neve onde sempre temos grandes dificuldade. Se vencemos será excelente, ainda mais se tivermos com chances de post-season.

24/12 - at New England Patriots
Alguns podem pensar: eles deverão estar classificados e podem tirar o pé? Quem pensar assim não conhece Bill Belichik. Pra ele tudo sempre é sério. Até mesmo um treino do rival, que pode virar um candidato ao Oscar...

01/01 - vs. N.Y. Jets
Estando classificado, com chances ou sem chances vencer os JATOS é obrigação.