sábado, 29 de outubro de 2011

Analisando os rookies: Mike Pouncey - Center - First Round

Uma escolha, como direi, acertada.

Existem algumas máximas na NFL e uma das mais certas é de que todo grande ataque começa em um Center sólido, de preferência, quase espetacular. Essa era uma das nossas maiores carências na off-season e a cobrimos de forma adequada no Draft com a seleção de Mike Pouncey. Se o nosso ataque não anda para frente, a culpa não é de nosso Center, camisa n.° 51 ( uma boa idéia ). A culpa é todo um setor mal treinado e muito mal comandado. Pouncey aparece listado com um dos 10 melhores Center da NFL em diversas categorias e vem melhorando rodada a rodada, pois foi - de fato - mal na duas primeiras partidas.

Temos alguém para montar nossa Offensive Line a partir do centro. Temos outro grande OL ( Jake Long, é claro, mas que está fora dos 10 melhores desta temporada ) e no mais apenas gente esforçada. Ritchie Incognito está na posição de número 68 entre os Guards ( não se esqueçam: são 2 por times e temos 32 times na Liga, portanto tem reserva da Liga melhor que ele ) e Vernon Carey - que mudou de posição é o 53 nessa lista. Some-se a isso termos o pior RT entre os 32 times e você verá que o quadro não é nada legal. Ou seja, Pouncey é o melhor homem de nossa OL, sendo rookie.

Acho que só esses dados servem para demonstrar o quão foi acertada a sua escolha. Mas tenho um outro dado: ele ainda não errou um unico snap, algo comum e aceitável para um estreante. Mas não está assim com Pouncey. Que ele continue assim, pois iremos precisar dele nos anos vindouros.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Eu estou cansando...

O que esta foto de um sack de Cameron Wake em Mark Shancez está fazendo neste post? Leia até o fim e entenderás...

Estive tentando lembrar quando foi a última vez em que eu fiz um post sobre uma vitória. E não lembrei de cabeça. Tive que ir ao site da NFL e procurar, o que por si só já é patético, pois descobri que perdemos as últimas 3 de 2010 e como ainda não vencemos ( e tão pouco temos perspectiva de consegui-lo no futuro próximo ). Pois é a última vitória foi contra o Jets, na casa deles por 10x6, em uma dia onde a defesa acabou com a partida, porque o nosso ataque pouco fez. Henne teve uma de suas piores partidas sempre, mesmo que tenha conectado um lindo TD para Brandon Marshall.

Mas esta foi uma vitória com cara de derrota ou ao menos com um gosto ruim, porque não foi um primor de partida. Ai procurei ainda, qual fora o último post sobre uma boa atuação, daquelas de deixar todo mundo cheio de esperanças. E a que encontrei foi contra o Raiders, no dia em Davone Bess ( ele ainda está no Miami mesmo? ) "humilhou" um tal de Nmandi Asomugha, com duas excelentes recepções, com um placar final foldado e ótimo de 33x17 ( com o Raiders marcando um TD quando já estava 33x10, ou seja, no garbage time ). Naquele dia eu vislumbrei um caminho para uma temporada vitoriosa, pois faltariam 6 jogos e contra times com péssimas/pífias campanhas: Browns, Lions, Bills e duas complicadas, diante de Jets e Pats. Se tivessemos feito o básico, teriamos ido a post-season ( 10-6 ), mas conseguimos perder pra Browns, Bills e Lions. Times péssimos e patéticos. Como o nosso agora, ou seríamos nós piores do que eles agora?

Enfim, o ponto que quero chegar é que eu estou cansando. São - exceção feita a 2008 - nada menos do que 10 temporadas com mais derrotas do que vitórias desde 2002. São nada menos que 5 temporadas ( contando com essa ) chegando a metade da temporada com 2-6 ou menos, e corremos um sério risco de conseguir ficar zerado a temporada inteira. E por isso eu me canso. Pros mais novos, que talvez tenham começado a torcer de 2007 para cá, nem entendam direito o que quero dizer, mas é patético ( além de horrível ) ter que escrever diariamente sobre um time que consegue perder de todas as formas possíveis, que consegue cometer os erros mais absurdos que se possa imaginar e que consegue nos envergonhar de todas as maneiras que ninguém sequer conseguiria sonhar.

Enfim, estou cansando. E isso é muito triste...

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Dolphins Wave - Tony Sparano


A casa de Tony Sparano está na lista de casas para vender em Miami, a casa está no nome de seu filho e está com o valor inicial de 1.5 milhões US$, será isso o anúncio que a saida de Sparano está proxima???

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Dolphins Wave - JP Losman


Sage Rosenfels vai para lista de machucados e o Dolphins pegou o quarterback JP Losman que tem 33 TD e 34 INT na carreira para 6.211 yards com rating 59.3. O que será que está acontecendo em Miami.

domingo, 23 de outubro de 2011

Semana 7: Broncos 18 x 15 Dolphins

Tim Tebow consegue o empate perto do fim da partida ( faltando pouco mais de 6 minutos para terminar ) e ai o Kicker deles ( que errara um FG até mais fácil ), consegue a vitória. Lamentável isso acontecer. E tanto faz se foi facilitado ( o que não aceito que seja feito ) ou porque Tebow resolveu jogar ( praticamente nada fizera na partida inteira ). Ambas as opções são por demais vergonhosas. Mas uma coisa eu garanto: que os Broncos fãs abram bem os olhos, pois o time deles é horroso. E pior, no geral, que o nosso...
Uma imagem que não necessita de complemento algum...
 A comemoração e...
 o lance que a originou. Piada é a melhor palavra que tenho para retratar isso...
Melhor momento do Miami na partida. Recuso-me a postar qualquer foto que seja e fazer qualquer citação a jogador algum do elenco. Imoral o que eles estão fazendo. Seja qual for o motivo, quem sofre com isso somos nós, os torcedores. Em 2007 o time não vencia porque era ruim demais, mas tentava e foram derrotas mais honrosas. Este time de 2011 é muito, mas muito, melhor do que uns 20 times da NFL. Mas está sendo pior do que o de 2007. Lamentável, totalmente...

Week- 7 Broncos x Dolphins

________________Denver Broncos (1-4) x (0-5) Miami Dolphins

____________________Local: Sun Life Stadim, Miami-FL

_____________________________Horário: 15:00

Nosso sexto jogo na temporada e não estamos nada bem, depois de perder Chad Henne no jogo contra o Chargers, Matt Moore ainda não se encontrou com o ataque e mostrou muitos altos e baixos e lançando muito para um alvo só (Brandon Marshall). Vamos entrar daqui a pouco em campo contra um quarterback queridinho na Florida "Tim Tebow" e que tem tudo para fazer o Broncos vencer o Dolphins, e se realmente o Broncos vencer acho que ai sim a vaca deitou.

Week 7: Broncos x Dolphins - Histórico do Confronto

Jason Taylor e Tim Tebow, em um evento anual com jogadores que são golfistas. Notem que Taylor usa cores meio estranhas. Foi no ano passado, quando ele foi "corrompido" pelo lado "verde escuro" da Força...

  • Líder da Série: Dolphins: 11-3-1 ( o número 1 é um empate entre as equipes, ainda nos anos 70 );
  • Sequência atual: Dolphins venceu 8 das últimas 9 ( que dado cusioso não? )
  • Última partida: Dolphins 26 x 17 Broncos. Partida realizada na temporada 2008 e no estádio deles, o Mile High ( mais alta milha, referência a altitude do estádio, o maior neste quesito na NFL ). Dan Carpenter marca 4 Field Goals ( 41, 23, 47 e 45 ) e Will Allen retorna um Int para TD.
  • Última partida no Sun Life Stadium: Broncos 10 x 35 Dolphins. Partida do ano de 2005. Neste Marty Booker marcou um TD 60jds, num passe de Gus Frerotte (!!!). Jason Taylor retorna fumble para TD, conseguindo 85 jardas ( será que ele consegue alto especial hoje? ).
  • Outro recordes do Miami: Dolphins tem o recorde perfeito jogando em casa contra o Broncos, ou seja, venceu as 7 partidas diante do Denver. Matt Moore está 5-3 como Stater em jogo em casa e rating acima dos 90.