sábado, 14 de janeiro de 2012

First Down: É brincadeira!!???


 Eu já escrevi aqui a algum tempo atrás que um dos grandes culpados pela decadência do Dolphins era o cara da segunda foto, Wayne Huizenga. Ele assumiu o time em 1990 em meio a uma terrível crise financeira, causada pelos herdeiros do nosso Fundador Joe Robbie, que morrera apenas 3 anos antes. Ele inicialmente comproou 15% do time, para ajudar que a franquia continuasse a pagar suas contas e em 1993 ele passou a ser dono de 100% das ações. Mudou o nome do Estádio ( que era Joe Robbie em homenagem ao fundador ) e o vendeu para uma empresa que o renomeou de Pro Player. Huizenga sempre viu o time ( ele também é dono do Flórida Marlins - MLB - e do Flórida Panthers - NHL - sendo este bem curioso, pois inexistem Panteras na região de Miami ) como uma forma de obter muitos lucros, com isso pagava baixos salários e não se importava em perder jogadores na Free Agency e basicamente só reforçava o time via Draft.

Bom, mas o que tem a ver Huizenga, que vendeu em 2008 50% do time pro atual Owner Stephen Ross, com nossa situação atual? Basicamente nada e na prática tudo. Como ele era um "sovina" de marca maior, Ross ao entrar quis dar uma cara diferente ao Dolphins. E está bem claro que isso - até agora - não deu certo, correto? 

E ai chegamos a Era Stephen Ross, que é dono de 95% das ações ( o restante ainda pertencem a Huizenga ) e vemos que ele nem consegue contratar o seu primeiro Coach, pois Sparano foi contratado ainda na fase de transição, mas era Huizenga quem ainda dava as cartas, pois mudanças no comando de equipes tem que passar por referendo dos outros donos, o que só acontece na reunião anual do ínicio de março. Ou seja, Sparano não foi contratado por ele. E pelo visto iremos sofrer bastante para vermos quem será o "tal" primeiro.

Ross tem, até agora, falado mais do que feito de bom pro Miami. Primeiro não trouxe um QB para franquia, promessa feita no dia em pode passar a falar como Owner do time. Segundo porque pisou, e feio, na bola quando tentou contratar um Coach um ano atrás. Todos se lembram do quão desgastante, para todos, foi a viagem dele e de Jeff Ireland para fechar com Jim Harbaugh e ele nem sequer fazer uma proposta ao mesmo. Ai no dia seguinte ele renova contrato com Tony Sparano. Terrrível não? Pior é pensar que o Niners agora vai receber o Saints no Divisional Playoffs da NFC, após ter vencido 12 jogos na temporada, o dobro do que nós. Ele fez de Alex Smith um QB muito melhor do que fora antes e a defesa de lá é apenas a melhor da NFC.
Agora o time recebe aquele que era o preferido ( palavras do próprio Ross ) para ser o Coach: Jeff Fisher. O entrevistamos e todos esperavamos que ele nem saísse de Miami. Ledo engano, ele não apenas saiu, como ainda entrevistamos outros 3 candidatos e Fisher ontem foi anunciado como Head Coach do Saint Loius Rams. E agora estamos sem Coach e com as melhores opções nos evitando ( Cowher e Gruden ) ou tendo que irmos atrás de gente com pouco destaque ( Mark Zimmer ). Resta, contudo, ainda uma esperança: Joe Philbin. Mas este agora sofreu uma pesada perda familiar e pode preferir ficar em Green Bay e não mudar mais ainda sua vida.

E nosso planejamento como é que fica? Qual planejamento? E ai eu começo seriamente a pensar em fechar o Blog. Sim, estou bem propenso a isso se ficarmos com um "PEREBA" como Head Coach e se Matt Moore ( outro PEREBA ) for o QB em 2012. É o sentimento de momento. O que é uma pena...

2 comentários:

Derek Szabó disse...

É realmente uma pena. Vimos o time ("vimos" na teoria, falo pelos outros torcedores, pois eu não acompanhava o Dolphins ainda nessa época) tosco de 2007. E então tivemos a chance de trazer Matt Ryan para dar outra cara ao time. Não veio.

Vimos a peleja por Chad Henne durante 3 temporadas e nada.

Agora vemos um grande time, muito bem montado faltando UM bom comandante e UM bom QB. É o que falta para o time, só o que falta. Mas sem isso, não vamos a lugar algum e vamos continuar na mesma penumbra cinzenta que não conhece nem vitória e nem derrota, é sempre um meio termpo...

Sou um torcedor que se considera fanático pelo Dolphins, mas que a cada cagada feita pelo staff, perde cada vez mais as esperanças de ver esse time como um time campeão, já que enquanto torcedor, não vi Griese e nem Marino, o melhor QB que já vi jogar no DOlphins foi Chad Pennington.

Dan Pereira disse...

complicado muito complicado