quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Parabéns Coach Shula

Hoje o Senhor da foto completa 82 anos. E ele é antes de tudo, um vencedor. O maior da NFL em todos os tempos...

Se o Miami Dolphins fosse a França do Rei Luis XIV, Don Shula com certeza seria o Cardeal Richelieu. Não entendeu? Ele seria a iminência parda, a pessoa mais graduada. Falando de NFL, Don Shula é o recordista - e disparado - em número de vitórias com a impressionante marca de 347. Nenhum outro Coach está na casa das 300 e entre os Coachs em atividade quem mais possui é Bill Belichik, que nem chegou na casa das 200.

Don Shula - descendente de Hungaros - nasceu no Estado de Ohio, em 04 de Janeiro de 1930. Jogou futebol na Universidade John Carrell e na NFL atuou no Baltimore Colts imortal dos anos 50. Sofreu uma grave contusão e se aposentou. Em 1963 assumiu o comando da equipe, e com ela perdeu o Super para o NY Jets. Quando saiu em 1970, para ser nosso Coach, seus números eram: 71-23-4, ou de uma forma melhor 3 vitórias para cada derrota.

Joe Robbie ( fundador da Franquia ) queria ter uma time vencedor e decidiu na off-season de 1970: iria contratar Don Shula. E o fez, o que assustou a todos, pois Shula era o mais vencedor da Liga, depois de Vince Lombardia - que morreria logo depois - e porque o Miami era o saco de pancadas da ( então ) AFL Leste. Pois bem, ao chegar ele reformulou tudo, trouxe outros bons coordenadores e em sua primeira temporada já fazia o time, pela primeira, terminar o ano com mais vitórias do que derrotas ( 8-6 ). Na segunda já nos levou ao Super Bowl ( onde fomos surrados pelo Cowboys ) e na terceira... bom, daqui em diante todos sabem bem o que aconteceu.

Durante os anos 70 ele se tornou o primeiro Coach a conseguir 100 vitórias na mesma década, algo impressioante. Com o Dolphins foram impressioantes 276 vitórias em 26 temporadas ( portanto, média superior a 10 por temporada ), o que bastariam para colocá-lo como o recordista geral. Com o Dolphins foi a 5 Super Bowl e venceu 2, além de ter ido a 10 finais de AFC. E um adendo: só teve duas temporadas sem conseguir mais vitórias do que derrotas, e uma dessas foi um 8-8 em 1986. Se retirou em 1995, quando a sua saúde já não mais o permitia treinar o time e por achar - palavras dele próprio - que estava ultrapassado. Em todo caso, em 1995 vencemos 10 jogos. Em 1996 ficamos com 8-8. Foi nomeado para o Hall da Fama na sua primeira tentativa e por unanimidade, o que não foi nenhuma novidade.

Por tudo isso, longa vida a Coach Shula.

Um comentário:

Dan Pereira disse...

Dolphins deve a sua brilhante historia na NFL ao Shula, Marino e Griese isso é um fato

Parabens Shula