quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Salary Cap é um problema?

Fiz uma mudança neste post, pois a imagem com os salários dos jogadores do Miami tinha ficado ilegível. Agora está tudo modificado e dividido em 4 imagens, que espero ajude a todos visualizarem melhor, afinal isso é de suma importância para entendimento do conteúde deste post. E uma informação adicional: Jake Long não está em seu último ano de contrato, afinal quando o mesmo foi assinado previa um ano adicional dependendo de certas circunstâncias. Uma delas é ele ir a 3 Pro-Bowls. E o mesmo foi indicado, diretamente, em 3 e ainda foi ao quarto como substituto.
Acho que todos os que passam por aqui diariamente sabem que os time da NFL tem um limite de salários por temporada. E que em 2012 este limite ( teto ) é pouco acima de US$ 121mi. Mas como exatamente funciona isso? Os salários de todos os jogadores são somados ( e são 53 jogadores por elenco + 7 na Pratice Squad ) com os quais o time pode ter contrato. Essa soma não pode ultrapassar o teto. E como está o Miami agora, para essa temporada com os atuais jogadores sob contrato? O quadro abaixo demonstra a situação ( clicando na figura ela ficará maior ) e depois eu volto com algumas divagações?





  • Maiores Salários: Acho que não existe surpresa sobre os três maiores salários do time, certo? Jake Long, Brandon Marshall e Karlos Dansby custaram caro ao time, cada um a sua maneira. Long foi o primeiro escolhido e único membro do Dolphins a figurar no primeiro time da NFL ( 2010 ) desde Jason Taylor em 2006 ( o que dá uma idéia do quão bom ele é ). E merece cada centavo, diga-se de passagem. Marshall fez a sua melhor temporada com o Dolphins, mas carece de um QB ( algo que não temos ) e Dansby é da elite de NFL e veio de um time que estivera no ano anterior a sua chegada no Super Bowl. Portanto tem mesmo que ganhar bem. Mas existe o que ser feito? Sim, existe. Jogadores normalmente dão muito valor a um anel de Super Bowl ( existem, poucas, exceções ). Portanto renegociar o contrato dos 3, liberaria espaço no Cap. Citando apenas um ( e o com valor mais alto ): o salário de Jake Long vai contar contra o Cap US$ 12,8mi, mas se renegociarmos o contrato dele, esse valor poderia cair para, digamos assim, uns 8mi. Como? O salário dos jogadores não é fixo em todos os anos de contrato, eles vão aumentando. Viram como Marshall recebeu US$ 9,3mi em 2011, mas receberá US$ 11,35 em 2012? Se fizermos isso com os 3, poderemos economizar ai uns 10 ou 12mi. Mas é claro, para isso é preciso que todos concordem pois eles não são obrigados a aceitar renegociações. E no caso de Long convém citar que ele entrará no seu último ano de contrato.
  • Ganhando mais do que merece: Se os três mais altos recebem o que ( creio eu ) merecem, tem gente do elenco ganhando muito mais do que vale. Exemplo? Onde é que Matt Moore merece ganhar US$3.775mi? E por mais que eu goste dele, acho que o Miami não deveria efetivar o último ano de contrato de Yeremiah Bell. Tá louco Flávio? Cortar o nosso melhor DB? É isso mesmo, ele não vale ( aos 33 anos ) receber mais de 6mi nem a pau. Com essa grana dá para contratar um QB melhor que Moore por exemplo, ou 2 DBs que possam jogar no lugar dele. E não custa nada lembrar que ele é o quarto maior salário da equipe.Outro ganhando mais do que merece ( e muito, por sinal ) é Kevin Burnett, que terá direito a impressionantes 5mi. E ganhando um pouco menos ( e sendo reserva ainda por cima ) temos Tony McDaniel ( mais de 4mi ). E o que dizer de pagarmos quase 5mi para que Ritchie Incognito seja o Starter de LG? Piada né?
  • Ganhando muito pouco ( e que ano que vem vai querer muita grana para renovar ): Se você olhou bem o quadro acho que deve ter caído pra trás com quanto recebe um dos melhores pass-rush da Liga. Pois é meus amigos, Cameron Wake está trabalhando de graça. Tem ao menos uns 10 perebas que ganham mais que o dobro dele ( Moore recebe quase 5 vezes mais ). E porque é assim? Quando ele assinou conosco para jogar a temporada de 2009 ele vinha como uma aposta, o equivalente a uma jogador de terceiro round. Acontece que a aposta deu certo e o time já deveria ter feito um contrato maior com ele. Eu no lugar dele já teria feito Hold-Out ( quando o jogador recusa-se a treinar para forçar um novo contrato ). Eu não trabalharia ( sendo um dos 10 melhores em minha profissão ) por 200mil a menos que meu companheiro de posição ( Misi ) e 5 vezes menos que um reserva da DL ( Tony McDaniel )
  •  Estão no meio do caminho ( ganham muito, mas produzem bem ): Alguém ai não acha que Anthony Fasano é importante pro time? Alguém ai duvida que Randy Starks é um dos melhores membros da defesa? Ou alguém ai sentiu falta de Ronnine Brown ao termos Reggie Bush produzindo o que o anterior nunca conseguira produzir? Os três citados ganham bem ( o de Bush aumentou muito devido a sua produção em campo, pois se passasse das 1k ele receberia 1mi extra ) mas produzem. São os melhores ( Langford pra mim é melhor que Starks, mas ele é FA portanto não entra nesta conta ) em suas posições e são o sangue em campo. Portanto merecem o que ganham, mesmo que eu ache muito ( sobretudo o salário de Fasano ).
Não existe mágica na NFL e com Cap só tendo um excelente controle e administrando-o no limite é que você consegue resolver a equação talento+quantidade+grana. Acho que dá para melhorar renegociando, cortando e trazendo gente focada em um objetivo: chegar ao Super Bowl. Trazer o melhor QB disponível no mercado de agentes livres, só facilitaria tudo isso.

8 comentários:

Luiz Paulo disse...

Confesso que pelo quadro não consegui ver, mas acompanhei as postagens nos sites gringos, phinsider, daily dolphin etc.

Bem o Dolphins já tem uma gordurinha pra queimar no cap, e muitos contratos pra serem renegociados, fora os citados que ganham o que nunca merecem, sendo assim a situação do Dolphins é tranquila pra trazer um QB na Free Agency e reforçar com os calouros do draft!!

Luiz Paulo disse...

Esqueci de colocar um detalhe

Os nossos amigos jatinhos estão com o CAP de 124 milhões!!

haIUHAiuhaiuHAIU

SE FUUUUUUUUUUUUU

Flávio Vieira disse...

Tranquila não é bem a palavra Luiz Paulo, pois tem gente ai que se cortamos, mesmo assim teremos que pagar ( tem multa pela dispensa ).

Em todo caso, se renegociarmos os contratos dos 3 mais altos ( Long, Marshall e Dansby ), não ativarmos o último ano do de Bell ( ou fizermos uma extensão de um ano, mas com redução já ) poderemos abrir Cap suficiente para assinarmos como um OL forte e o QB dos sonhos ( seja ele Manning ou Flynn ).

tranquilo não, mas controlável com certa folga.

E sim, uma renegociação com Long pode ser um tiro no escuro, pois ele teve sua pior temporada ( e mesmo assim ainda foi ao Pro-Bowl ) e cheia de contusões.

Dan Pereira disse...

olha eu acho que o Dolphins tem que ir pesado no Manning porq cap tem

Flávio Vieira disse...

detalhe importante: temos FA importantes pro time que terão que, na minha opinião, voltar em 2012.

Kendall Langford, Paul Soliai e Phillip Merling pra mim seria necessários, mas tem um dado interessante: Soliai parece que não vai ficar, porque as 16 meses que rola essa história da renovação dele.

Luiz Paulo disse...

Soliai ta querendo ganhar salario de Tom Brady...

Menos né. Menos...

Deixa ele ir, vai pra cima do Cooples no draft, reforça com um free agent barato e dboa...

Se tivermos um BOM QB, facilita tbm pra defesa...

Igor Monteiro disse...

Cara me tira uma dúvida, o OT Marc Colombo não está mais no Miami Dolphins? Não vi o nome dele na lista de salários.

Flávio Vieira disse...

ele é FA. Assinou apenas um ano de contrato.

sendo assim nem ele, nem Soliai, Langford, Merling e cia não aparecem.