segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Week 1: Dolphins 10 x 30 Texans

Bem vindo a NFL Ryan Tannehill...
 
Três interceptações e nenhum TD. Serão essas as lembranças que teremos do Debut de Ryan Tannehill na NFL. Perder era algo pra lá de prevísivel, mas com o nosso QB Rookie sendo interceptado 3 vezes tornou essa derrota pro Texans mais dolorida ainda. Ele conseguiu passar das 200 jardas mas o time, pra variar, empacou na Red Zone e conseguimos apenas um FG. Para sermos justos com a equipe, o time tentou duas quartas descidas, que poderiam ter resultado em FG, mas convém mostrar a coragem de Sherman, Philbin e Tannehill nestas tentativas. Foram frustadas, mas se virassem TD todos estaríamos elogiando a decisão. Portanto não é o caso de reclamar dessa atitude audaciosa, certo?
 
Olhando pelo lado bom, pode-se dizer que a West Coast Ofense tem tudo para dar certo em Miami. Alguém sentiu falta de Brandron Marshall? Eu nao, pois Tannehill conseguiu envolver todos os recebedores na partida, mesmo que tenha insistido demais com Reggie Bush. O jogo corrido, até Daniel Thomas sair machucado, esteve bem e a OL, tirante as faltas idiotas e tolas de Ricthie Incognito, mostrou que poderá voltar ao nível de 2009, quando foi a segunda melhor da Liga.
 
Na defesa tivemos bons momentos, mostra de que poderemos ter esperanças de que do meio pro fim da temporada os times terão que suar sangue para marcar pontos. Mas não será nessa segunda partida, certo? Mesmo assim os problemas ainda estão lá, com PI toscas feitas por Richard Marshall, algumas jardas extras cedidas por erros bobo de posicionamento e algumas faltas igualmente tolas.
 
Enfim, uma partida na qual entramos sabendo que iamos perder. E perdemos. Na qual sabiamos que o QB iria cometer erro. E eles aconteceram. Mas eu sai da partida com a impressão de poderemos ser mais felizes ( ou menos infelizes ) do que fomos em 2010/2011. Quem sabe...

3 comentários:

Luiz Paulo disse...

Acho que coloquei todas as minhas impressões no ultimo topico.

Gostei a atuação da defesa, e do Special team.

mas nem de longe gostei do ataque, não gostei das decisões na red zone.

nenhuma tentativa de jogada com full back por exemplo.

vamos ver como vai a temporada!!

Tiago Balestrini disse...

A defesa foi realmente muito boa no primeiro tempo. No segundo, A.Johnson dominou nossa secundária (acabou com mais de 100 jardas), mas mesmo assim nossa defesa foi muito boa. Já o ataque ... parece que falta alguma coisa. Acho que duas das int lançadas por Tanehill não foram tão culpa dele pois o defensor dos Texans desviou o passe na linha ( acho que foi o WAtt, que fez um puta jogo, infelizmente.), mas mesmo assim, ele mostrou um pouco de insegurança principalmente na red zone nos drives finais. Fora isso, o jogo corrido foi bem (bush estava com média de 4, até 5 jardas por corrida durante a partida). A linha ofensiva deixou um pouco a desejar quanto a proteção de Tanehill mas parece que até o fim da season eles se acertam. Um ponto positivo no jogo de ontem foram os retornos de Marcus Thigpen ... média impressionante de 30 jardas por retorno de kickoff , fora o unico td da partida. Esperemos uma boa season, acho que vencer cerca de 7 a 9 partidas é possível.

Thiago Torres disse...

Infelizmente temos um grande problema quando estamos na Red Zone, das duas vezes que a equipe tentou a 4ª descida não teve uma jogada de corrida que fosse com Bush ou com o Fullback novato Lane, pois Daniel Thomas machucou a mão, mas isso não ocorreu! Agora é deixar o Tannehill jogar e pegar experiência, pq colocar Moore nem pensar!