sexta-feira, 8 de junho de 2012

Chad OChocinco a caminho do Dolphins?


Miami Dolphins tem um grupo de Wide Receivers mediano, todos sabem. Mas seria uma boa contratar Ochocinco? Não me parece uma ideia interessante, por mais que o jogador em questão tenha reconhecida qualidade, seu extra-campo é um problema e tanto. E não custa nada lembrar que "nos livramos" de Brandon Marshall pelo mesmo motivo. Sendo assim, eu acho que não faz o menor sentido contratar outra primadona quando você acabou de se livrar de outra. Mas que o "buxixo" está alto na internet, isso não se dá para negar.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Jason Taylor agora é Comentarista da ESPN


O 100% certo HOF Jason Taylor agora será Comentarista da ESPN, participando tanto do site quanto da mesa redonda pós partidas da NFL. Tenho, igualmente 100%, confiança de ele será o melhor, pois ele não aceitar ser nada menos do que o melhor no que faz. E você, tem alguma dúvida de que ele será destaque nessa nova fase de sua vida?

10 jogadores que precisam se provar nas Trainning Camps

Koa Misi lidera a lista dos jogadores que tem algo a provar durante os treinamentos de pré-temporada para o ano de 2012.

Ben Volin é um dos mais renomados colunistas que cobrem o Miami Dolphins e escreve diariamente no Palm Beach, um dos melhores jornais da Flórida. Já fiz textos baseados nos que ele fez diversas vezes, e o farei agora pois este é da Hora: jogadores que tem o que provar durante os treinos para a temporada 2012. E tem nomes interessantes na lista. Vamos a ela:
  1. Koa Misi, LB de Utah - Escolhido no 2° Round de 2010. Ser jogador de segundo round no Miami Dolphins não deve ser o sonho de nenhum atleta, pois pouquíssimos são os que deram certo recentemente no Miami ( de cabeça só consigo me lembrar de Chris Chambers, que foi 2º do Draft de 2001 ). Sendo jogador da Era Sparano, onde apenas o próprio Misi e Sean Smith seguem vivos no elenco, então é quase tortura. Por isso Koa Misi é o primeiro da lista. Durante as OTA´s ele foi mudado para a posição de Weak no sistema 4-3. Deve ser Starter, mas precisará voltar ao patamar que conseguiu na temporada de rookie ( 11 jogos e 4,5 sacks ) para se manter no elenco por mais tempo;
  2. Brian Hartline, WR da Ohio State - Escolhido no 4° Round de 2009. Fiz um texto recente sobre ele e o que esperar dele para esta temporada. Ele próprio sabe do peso sobre suas costas, agora que tem a obrigação de ser Starter;
  3. Sean Smith, CB da Utah - Escolhido no 2° Round de 2009. Um jogador que tem mãos frouxas e deixou por causa disso já ter mais de 15 interceptações na carreira. Mas é um atleta ainda em desenvolvimento, mas o tempo para isso expira-se agora em 2012. Ou vira um Starter temido ou deverá ganhar o bilhete azul;
  4. Chris Clemons, CB/S de Clemson - Escolhido no 5° Round de 2009. Este veio para a NFL como aposta da gestão anterior e acabou vingando mais do que o esperado. Virou Starter em sua segunda temporada na NFL e agradou a todos atuando como Free Safety, atuando ao lado da lenda Yeremiah Bell. Ano passado sofreu com problemas nos tendões e a explosão de Reshad Jones. Contudo para 2012 seu lugar deve voltar a ser Starter, mas agora de Strong Safety, substituindo Bell. Precisa jogar bem pois ele está em seu último ano de contrato e se algum das outras opções para o setor jogarem bem, elas são mais baratas;
  5. John Jerry, OG de Ole Miss - Escolhido no 3° Round de 2010. Quando ele foi draftado todos pensamos: resolvemos nosso problema no miolo da Linha. Ledo engano, pois Jerry não se firmou ainda e vive as voltas com problemas de peso. Tem treinado como titular da OL e esta é a sua chance. Sem ter direito a outra; 
  6. Matt Moore, QB - Troca com o Carolina Panthers em 2011. Acho que todos sabem bem o que penso dele, então os pouparei. Além disso ele agora tem um rookie promissor(??) e um veterano de qualidade(??) para o importunar. Qualquer coisa diferente dele ser Starter neste contexto significará bilhete azul. E eu duvido que ele consiga ser, ao menos, o segundo no Depth para a temporada;
  7. Edmond "Clyde" Gates, WR de Albilene Christian University. Escolhido no 4° Round do Draft de 2011. O time tem agora 10 WRs sob contrato, portanto todos eles, exceto Bess, Hartiline e os dois recém draftados ( Matthews e Cunningham ) estão sob imensa pressão para conseguir ficar entre os 5 ou 6 que irão compor o Depth para a temporada. Gates vem de uma obscura universidade ( algo que apontei como item contra no dia do Draft ), mas é veloz - talvez sua única vantagem. Diante disso ou ele arrebenta ou será arrebentado. Simples assim;
  8. Anthony Fasano, TE. Troca com o Dallas Cowboys em 2008. Ele é, de longe, o alvo mais seguro deste elenco. Mas mesmo assim tem o que prova. Mas o quê? Ora, ele está seu último ano de contrato e precisa mostrar que ainda pode ser o considerado o melhor do elenco. Acha pouco? Pois bem, a idade está chegando e ele precisará render muito num esquema no qual nunca atuou e que exige demais dos TEs. Mole, não?;
  9. Jared Odrick, DE/DT de Penn State. Escolhido no 1º Round de 2010. O time está mudando de sistema e, em tese, precisaria de peças para fazer tal sistema funcionar, correto? Sim, mas no Draft o time só escolheu um pass-rush no terceiro round e mesmo assim um que necessita de bastante desenvolvimento. Isso indica que o time tem confiança em Odrick. E tem, afinal ele vem de uma Universidade renomada por formar grandes defensores. Ele deverá atuar como DE, podendo eventualmente atuar de DT. E precisa mostrar do que é capaz agora, pois se for apenas mais ou menos não deverá voltar para outra temporada;
  10. Cameron Wake, DE/OLB. Veio da CFL em 2008. Wake é, provavelmente, o melhor defensor desse time, mas é certeza ser o melhor Pass-Rusher. A temporada 2011 foi, como direi, um tanto decepcionante para Wake e ele sabe disso. Todos esperam dele o nível demonstrado em 2010 ( 14,5 sacks ), e ele sabe disso. Agora ele tem um dos maiores salários do elenco e isso joga ainda mais pressão sobre si, e ele - obviamente - sabe disso. Por fim, a idade está chegando e muitos começam a se perguntar se ele está em declínio, e ele sabe disso. Estará ele pronto para dar a resposta em campo, atuando agora como DE?
Volin não incluiu na lista o nome de Reggie Bush por achar que ele fez a sua melhor temporada em 2011 e mesmo que fique um pouco abaixo deste patamar, ainda assim, deverá ter seu contrato renovado. Aguardar para ver, mas eu acho que Bush tem que romper de novo a barreira das 1k jardas e ficar, finalmente, longe das contusões.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Cameron Wake disposto a ajudar os Rookies

Cameron Wake colocou-se a disposição de Joe Philbin e de Kevin Coyle para ajudar os novatos do time, como Olivier Vernon e Josh Kaddu. Será muito bem vindo esta ajuda, pois os jogadores irão precisar de todos e qualquer apoio. Ainda mais vindo do melhor pass-rusher.