sábado, 18 de agosto de 2012

Miami Dolphins 17 x 23 Carolina Panthers

Tannehill não foi exatamente bem, mas deve ter feito mais que suficiente para ser o Starter na temporada regular.

Aos mais jovens leitores desse espaço, um aviso: resultado final de uma partida de pré-temporada é o que menos importa. Quer um exemplo básico disso? Em 2007, nossa pior temporada, fizemos 4-0 nas partidas antes da temporada. Achei importante fazer este preâmbulo para poder seguir o resto deste post.

A partida de ontem deixou mais questões do que respostas. Essa será a defesa da temporada? Nosso jogo corrido é aquele de ontem? Teremos uma OL ou o queijo suíço de ontem? Tannehill seguirá, durante a temporada, com 11/23 e 100 jardas, sem Interceptação mas também sem TD?

Vamos pelo começo: a defesa começa a me deixar ( bem ) preocupado. Ser humilhada como foi ontem é um caso terrível. Culpa de quem? Achar culpados agora não vai ajudar em praticamente nada, mas é claro que existe alguém. Quem seria? Creio que só possa existir um: Stephen Ross, o dono do time.

Quanto ao jogo corrido, o mesmo depende muito da OL e vice-versa. São dois setores que atuam lado a lado  precisaremos que os dois fiquem próximo da perfeição. Mas até aqui na pre-season os setores estão muito, mas muito longe disso. Claro que ontem, como disse no primeiro paragráfo, é apenas mais uma partida, mas o que temos visto é alarmante. Ok, ano passado também começamos de forma lenta e ao fim da temporada Reggie Bush tinha passado das 1mil jardas. Só que no anterior tinha o Lockout e todos os times começaram suas preparações atrasados. Agora não poderemos esperar tal sorte...

E chegamos a Ryan Tannehill e sua atuação de ontem. Quantos QBs nossos fizeram 100 jardas em um tempo no últimos anos? Poucos, não mais do que 3, é claro. Mas s o números de jardas pode ( e de fato é ) parecer ótimo, o que dizer do percentual de passes acertados ( 11/23 )? Na sequência existe um dado bom ( não ter lançado interceptação e nem cometido fumble ) e um ruim ( não conseguiu passar para TD ). Contudo é preciso salientar que o grupo de WR não é, nem de longe, uma brastemp. Mas com esse mesmo grupo Chad Henne conseguiu passar para 413 jardas. Alguns argumentarão: tinha Brandon Marshall. Sim, é fato. Mas nesta mesma partida ele acionou diversos WRs.

Enfim, dentre tantas perguntas, temos uma única resposta: Matt Moore é horrível. O cara entra e não consegue jogar nada contra os reservas do time do Panthers. Ai o Pat Devlin entra e consegue 118 jardas em 13 passes acertados em 20 tentados, com direito a TD e uma interceptação quando tentava, quem sabe, virar o placar. Enfim, Matt Moore poderia ser, por mim, cortado que não faria a menor falta. Ou alguém ai sentiria falta?

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Ryan Tannehill será Starter hoje diante do Panthers

Tannehill ouvindo instruções do Coach de QB, Ryan Cook. Hoje ele será Starter na segunda partida de pré-temporada, diante do Carolina Panthers, o que é um ótima notícia. Tudo bem que bater Matt Moore não é nenhum grande feito, mas só o fato dele ter conseguido isso pra segunda partida é algo bom.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Depth Chart 2.0 - Defesa

Cameron Wake sofreu um acidente, mas não teve machucados sérios.

O Miami lançou na última segunda a versão 2.0 do Gráfico das Posições, um indicativo de como ficará a lista dos 53 escolhidos para a temporada. Antes eu postara o ataque, agora vem a defesa, setor no qual eu deposito nossas esperanças na temporada. Porque do ataque, como todos bem sabem, eu espero pouco,  bem pouco aliás.
  • Deffensive Tackles: Randy Starks, Paul Soliai, Kheeston Randall, Tony McDaniel, Chas Alecxih, Isaako Aaitui e Ryan Baker. Ao que parece McDaniel e Randall serão os reservas da dupla titular;
  • Deffensive Ends: Jared Odrick, Cameron Wake, Derrick Shelby, Olivier Vernon, Root Jerrell, Jamaall Westerman e Jacquies Smith. Dois primeiros starters claros e os dois seguintes reservas. Westerman deverá tentar conseguir uma vaga no Special Team. Os outros, corte certo;
  • Outside Linebackers: Kevin Burnett, Koa Misi, Gary Guyton, Jason Trusnik,  Jonathan Freeny, Josh Kaddu e Shelly Lions. Burnett e Misi são starters. Guytin e Trusnik serão reservas. Kaddu deverá ser special teammer;
  • Midle Linebacker: Karlos Dansby, Austin Spitler e Cameron Collins. Collins deve ser cortado, quanto ao starter eu acho que todos sabem bem que seja, não?
  • Cornerbacks: Sean Smith, Richard Marshall, Vontae Davis, Nolan Carroll, Jonathan Wade, Quinton Lawrance, Trenton Hughes, Kevyn Scott, Marcus Brown e Vicent Egnew. São 10 DBs para apenas 5 ou 6 vagas. Sendo assim, temos que tirar da conta os 4 melhores, ficando assim 6 para 1 ou 2 vagas;
  • Safeties: Chris Clemons, Reshad Jones, Jimmy Wilson, Tyrone Culver, Tyrrell Johnson, Anderson Russell e Kelsie McGray. Além de Clemons e Jones teremos apenas mais dois e estes devem ser Culver e Wilson.

Entre os especialistas sem qualquer surpresa ( Carpenter, Fields, Denney para K, P e LS ). Entre os retornadores, Bess é o Punt Returner ficando Marcus Tighpen como o Kick returner.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Depth Chart 2.0 - Ataque

Como as coisas mudam na vida: semana passada Tannehill era o terceiro no Depth e agora corre sério riscos de virar starter.

O Miami Dolphins lançou ontem, como previsto pelas regras da NFL, a segunda edição do Depth Chart. Não existem grandes surpresas, mas algumas movimentações são sentidas, ainda mais com as duas baixas que tivemos durante a semana ( Chad Johnson e David Garrard ). Vamos às peças de ataque:
  • Quarterbacks: Matt Moore, Ryan Tannehill, Pat Devlin e David Garrard. Manteu-se a lógica, subida de posições após a contusão de Garrard. Se o mesmo não se recuperar, o esperado é que fiquemos com apenas os dois primeiros do Depth;
  • Runninbacks: Reggie Bush, Daniel Thomas, Steve Slanton, Lamar Miller, Marcus Thigpen e Jonas Gray. Já esperava ver o Miller a frente do Slanton, mas isso não aconteceu;
  • Wide Receiver #1 - Legedu Naanee, Juluis Pruitt, Jeff Fuller e Rishad Matthews. Naanee já era Starter antes do corte de Johnson. Pruitt vem treinando bem e Fuller conseguiu passar Matthews. E por isso pode acabar conseguindo um lugar no elenco;
  • Wide Receiver #2 - Davone Bess, Marlon Moore, Roberto Wallace e Brian Hartline. Bess é quem, em tese, sai ganhando com o corte do ex-Ochocinco. Moore e Wallace ficam correndo por fora para um lugar no elenco. Hartline segue machucado e corre algum risco de ficar de fora da temporada, pois cortado ele não seria, sendo o mais cotado ele ir pra IR;
  • Demais Receivers: BJ Cunningham, Chris Hogan e Clyde Gates. Cunningham ganha a cada dia ares de Bust ( se é que se pode usar essa alcunha em um WR de sexto round ), mas eu acredito que ele não está mostrando-se nada além de mais um. Hogan não tem chance alguma de ficar no elenco e Gates que se machucou pode ter perdido suas quase inexistentes chances.
  • Tight End: Anthony Fasano, Charles Clay, Jeron Mastrud e Michael Egnew. Segue como dantes no quartel de abrantes. Egnew corre riscos de acabar sendo cortado.
  • Offensive Tackles: Jake Long, Lydon Murtha e Jonathan Martin. Sem qualquer mudança.
  • Offensive Guards: Ritchie Incognito, Artis Hicks, Eric Steinbach, Nate Garner, Chandler Burden e John Jerry. O mais incrível nisso tudo é que Jerry vai ser cortado. Mais uma pick perdida em diversas que tivemos. No mais é aguardar para ver o que vai rolar aqui, porque disso depende o desempenho do nossos corredores.
  • Centers: Mike Pounceuy e John Samuda e Ryan Cook. Aqui é Pouncey e mais ninguém;
  • Fullback: Jovorski Lane, Ryan Mahaffey e Jerone Messam. Eu devo admitir que estou surpreso em ver Messan em terceiro nessa lista. Algo que deve acontecer com mais pessoas.
Amanhã eu posto com os defensores e especialistas.

domingo, 12 de agosto de 2012

Chad Johnson é preso. Alguém ficou surpreso?

Chad Johnson foi preso no sábado, após passar em branco no jogo de sexta. O motivo? Agressão na esposa ou para ser específico, cabeçadas. Agora corre o risco até de ser cortado. Joe Philbin nem confirmou nem descartou essa possibilidade.

Atualizando: ele foi cortado. Decisão acertada do nosso Coach, que agiu rápido. Talvez nem devesse ter sido contratado, podem pensar alguns. Não penso assim: ele é um jogador com talento e ainda poderia contribuir bem neste time. Mas acabou dando errado. A saber: em campo ele estava fazendo o dele direitinho, mesmo que ele tenha passado zerado na primeira partida, mas ele vinha cumprindo o seu papel de tirar o peso dos outros jogadores. Agora não teremos mais isso.