sábado, 16 de fevereiro de 2013

Jeff Ireland e sua falta de "talento" para com os WRs

Jeff Ireland não tem demonstrado muita habilidade pra selecionar Wide Receivers
O record de nosso GM não é lá dos melhores no quesito Wide Receivers. Aliás, Ireland não deveria nem ser o "cabeça pensante da franquia". Mas, enfim, se Ross acredita que sim, vamos aos fatos. Com certeza Jeff Ireland está bem posicionado nesta offseason, caso vocês não se lembrem, nossa equipe tem mais de US$40 milhões pra usar e 09 picks no próximo draft, sendo que são 05 nos 3 primeiros rounds (uma no 1º, duas no 2º e duas no 3º). Se ele espalhar a farofa, pelo amor de Deus né?

Mas, Ireland peca quando tem que draftar, e ou, assinar com WRs no período da offseason. Justamente uma posição em que o Miami precisa urgentemente achar um alvo TOP para um possível desenvolvimento de Ryan Tannehill.

Os torcedores do Miami têm o direito de estarem receosos em relação a isso, pois o histórico do GM não é lá dos melhores. Em 5 anos no cargo ele já draftou 5 WRs. Nenhum no primeiro ou no segundo round. A pick mais alta que ele gastou foi em 2009, em Patrick Turner (selecionado no 3º round). Porém o mesmo se mostrou um tremendo fiasco, daqueles bem cabulosos, e foi cortado no ano seguinte.

Quando ele teve a chance de acertar e draftar Dez Bryant em 2010... é melhor a gente pular essa parte ok?

Veja agora a lista de WRs que ele já escolheu:

  • 2008: Davone Bess (undraftado) – Titular sólido com 321 recepções, 3,447 yards, 12 TDs em 5 temporadas;
  • 2009: Patrick Turner (3º round) – ZERO recepções em uma temporada; Cortado da equipe;
  • 2009: Brian Hartline (4º round) – Titular sólido com 183 recepções, 2,753 yards, 6 TDs em 4 temporadas;.
  • 2010: Robert Wallace (undraftado) – 6 recepções em 2 temporadas; Cortado após a 3ª training camp;
  • 2010: Marlon Moore (undraftado) – 12 recepções, 2 touchdowns em 3 temporadas;
  • 2011: Clyde Gates (4º round): 2 recepcões em uma temporada; Cortado após a 2ª training camp (Ele teve 16 recepções pelo New York Jets in 2012);
  • 2012: B.J. Cunningham (6º round): Cortado após a training camp;
  • 2012: Rishard Matthews (7º round): 11 recepções, ZERO touchdowns como rookie;
Sendo justo, Bess e Hartline foram grandes achados, se tornaram profissionais sólidos e em desenvolvimento de forma satisfatória, mas em relação aos outros, Ireland preferiu não arriscar muito, trazendo jogadores em escolhas baixas no draft, porém nenhum deles acrescentou nada ao projeto.
O sucesso dele, assinando com veteranos, veio no Dallas Cowboys, quando era o segundo homem no comando do front office por lá: Terrel Owens, 38 TDs em 3 temporadas com os Cowboys. Draftando em Dallas, ele encontrou apenas um WR, Miles Austin em 2006. No Miami, ele trouxe Brandon Marshall por duas picks de 2º round, porém Marshall não rendeu o esperado aqui e se picou rumo ao Chicago pra encontrar seu velho companheiro dos tempos de Broncos, QB Jay Cutler. Ernest Wilford recebeu um bônus de US$ 6 milhões em 2008 e pegou apenas dois passes antes de ser cortado. E nenhum dos veteranos baratos da última temporada teve um impacto, de Chad Johnson para Legedu Naanee para Jabar Gaffney e Anthony Armstrong.
Ireland merece crédito por achar jogadores como Ryan Tannehill, apontado como o futuro pra franquia, construir uma defesa forte, ter assinado com Wake, Matt Moore, Reggie Bush, draftado Reshad Jones, Mike Pouncey. Ajudou a encontrar, em Dallas, Tony Romo, Jason Witten, Marion Barber. Porém, é notório o problema dele em saber escolher os WRs certos e esperamos que ele evolua nesse quesito, pois o Miami Dolphins não pode perder a grande chance deste ano.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Algumas ideia de Logos pro Dolphins que rolam pela Net...

A menos que você tenha chegado agora de Marte ou tenha ficado em coma profundo deve saber que o Miami Dolphins estuda/deve fazer uma mudança no Logotipo da Franquia. Tudo é mantido em segredo praticamente absoluto e apenas o Vice-Presidente de Organizações Mike Dee falou algo ( e pouco ) a respeito.

Por conta dessa segurança toda, diversos fãs com talento no Photoshop ( ou programa similar ) ficam soltando a imaginação e bolando os mais diversos modelos. Eis alguns deles ( se quiserem ver todos, clique aqui )
E ai,  o que acharam?

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Percy Harvin a venda. É uma boa pro Dolphins?

Depois de brigar com o Head Coach do Vikings, ele foi colocado disponível para troca. Seria ele o WR que Tannehill tanto ( supostamente ) precisa para render mais?

O Minnesota Vikings colocou o Wide Receiver Percy Havin a disposição para Trade. Não definiu-se preço ( pick de draft ), mas o time está aberto para ouvir prospostas. Segundo analistas o mais provável é que seja por uma pick de segundo round. Mas até por uma de terceiro mais outras em 2014 podem seduzir a franquia de Minneapólis.
 
Mas antes de mais nada, o estilo de jogo de Harvin se encaixa com o do Dolphins? Ai é que o bicho pega, pois ele seria similar a Davone Bess, que faz um papel decente como Slot Receiver, que é onde Harvin melhor se encaixa. Nem estou comparando os dois, mas apenas as funções.
 
Também é prudente lembrar que Harvin está em seu último ano de contrato e sendo assim - se não assinar antes da troca - seria praticamente um empréstimo de um ano e ele viraria FA. Valeria a pena fazer isso? Eu creio que não.
 
Por fim, a direção doou Brandon Marshall ao Bears por ele ser problemático. E Marshall praticamente não teve oportunidade para sequer falar com Philbin. Porque estão trariam um WR que acaba, segundo algumas fontes, quase sair às vias de fato com o seu antigo treinador?
 
Por e por outras é que eu não vejo com bons olhos o negócio. Mas é justamente por isso que é bom ficarmos de olhos bem abertos, pois o time é expert como ninguém em fazer os piores negócios...
 

Kenny Vaccaro, Safety, Texas

O camisa 4 da foto é um dos melhores jogadores disponíveis no Draft. A questão é: ele atua em uma posição que não é - nem de longe - a mais carente do time...

Mock Draft como todos sabem mudam a toda hora, sem aviso prévio e normalmente erram feio. Primeiramente todos apontavam como certo a escolha de Keenan Allen, da Universidade da Califórnia. O "escolhido" do momento é Cordarrelle Patterson, WR de Tennessee. Mas um jogador tem subido de cotação, aparecendo em Mock até que bem conceituados: Kenny Vaccaro, Safety da Universidade do Texas. Claro e evidente que não é a nossa maior necessidade, mas uma das máximas mais usadas em Drafts é a do BPA ( best player avaliable ), que em português nada mais é do que escolher o melhor jogador disponível. E Vaccaro pode ser um dos grande na NFL, com alguns indo até ao exagero de dizer que ele pode virar, eu disse pode não se esqueçam, até um novo Ed Reed.

Se ele for draftado teremos feito uma escolha de segurança em mais de um sentido. Ele está pronto pra NFL e todos os analistas dizem que ele pode contribuir em bom nível desde o primeiro Snap. Se iremos draftá-lo é outra coisa, é claro. Mas seria uma escolha com muito mais sentido do que outras feitas recentemente. Acho que nem preciso citar a mais recente, não é mesmo

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Free Agents: Sean Smith, CB

Ele é o nosso melhor CB. E isso diz muito sobre o setor...

A equipe de 2013 do Miami Dolphins será diferente da versão de 2012 da equipe. Todos nós sabemos que a equipe precisa dar o próximo passo para a frente. Uma das áreas onde o time terá um novo visual será na secundário, com a equipa indo ter que atualizar a posição cornerback este offseason.
 
O cornerback Sean Smith provavelmente vai deixar a equipe na agência livre, e o setor poderia ser completamente diferente em Miami no prximo ano. Rumores apontam que o time quer manter Smith, mas assim como outros Agentes Livres ( Jake Long e Reggie Bush ), tem que ser no preço da equipe, não no de Smith. 

Smith está, segundo fontes muito próximas a ele, querendo um contrato entre 8 e 10 milhões por ano, algo simplesmente surreal. As mesma fontes lembram que ele é Starter da Franquia desde o seu primeiro ano e que um Starter com 4 temporadas de experiência ganha nessa faixa. Acontece que tais Starters vão ao Pro-Bowl ou são indicados para prêmios e conseguem anular o melhor WR adversário. Coisas que evidentemente está longe de Smith conseguir fazer.

Sendo assim, ele irá testar o mercado e duvido que aparece algum GM louco o suficiente que se disponha a pagar tal devaneio a ele. E acredito que ele acabe renovando por algo na casa dos 5mi ao ano conosco mesmo. Aguardar pra ver...