quinta-feira, 8 de maio de 2014

O draft que pode mudar nossa história...

Seria Philbin o responsável pelos dois desastrosos drafts? Saberemos a resposta a partir de hoje...
Todos os últimos campeões do Super Bowl tiveram um ano em que tudo mudou. Uma classe de novatos ou um all-star que elevou o nível do time. Em algum lugar do passado, todos os grandes times atuais acertaram a mão. Steelers, Patriots, Seahawks, Giants, Saints e Ravens conseguiram no Draft os seus melhores jogadores. Claro que sempre tem algum Free Agent, mas as estrelas destes times foram conseguidas realizando ótimos drafts, muitas vezes seguidos.

E é ai que a crueldade bate em Miami. O único draft que realmente gerou qualidade pro elenco ( 2008 ) não tem mai ninguém no elenco, todos já saíram. Postei os escolhidos nos últimos 10 drafts e não tem ninguém no elenco do draft de 2008 para trás, exceção agora a Brandon Fields. Curiosamente, um dos 4 ou 5 All-Stars que o time tem no elenco ( Wake, Pouncey e Grimes com certeza e talvez Starks e Jones ). Muito pouco, com certeza.

Por isso é que ficamos esperando pela classe que irá modificar o nível do Dolphins. E este pode ser o de 2014. Sabendo escolher, tendo critérios e o plano adequado poderemos estar em 2015 ( sim, só no ano que vem ) em um nível melhor. Quem sabe retomando o lugar que nos foi cativo por mais de 3 décadas: o de Super Bowl Contender.

Contudo, é preciso prudência. Nosso General Manager vai fazer seu primeiro draft. O nosso atual Coach o terceiro. E ele até aqui, praticamente só fez merda. Saberemos hoje se o problema era só Jeff Ireland ou se Philbin e Sherman foram os responsáveis por fazer dois dos piores Drafts de nossa história.

Os nomes cotados para draftarmos dependem demais dos outros times, de trocas e outras variantes ( Reachs absurdos por exemplo ). Se iremos ou não realizar trades para subir ou descer. Mas se ficarmos na nossa posição atual ( a 19º ) é pouco provável que o draftado saia da lista a seguir:
  • Zack Martin ( OG ), Notre Dame;
  • Calvin Pryor ( FS ), Louisville;
  • CJ Mosley ( ILB ), Alabama;
  • Taylor Lewan ( OT ), Michigan;
  • Jace Amaro ( TE ), Texas Tech;
  • Louis Nix ( DT ), Notre Dame;
  • Bradley Roby e Justin Gilber ( CB), Oklahoma State e Ohio State.
Se um nome fora destes 8 for o escolhido será, salvo uma trade up/down, uma tremenda surpresa. Mas que assim o for, seja feita a escolha por um plano traçado e não por um ato de desespero ( como com Tannehill ) ou para demonstrar ousadia ( Dion Jordan ). Que seja alguém para chegar a resolver o problema. Não alguém para ser apenas mais um... pois quando os melhores jogadores escolhidos em drafts e que são all-star na liga são o seu Center e o seu Punter, é porque seu time é muito, mas muito fraco...

Nenhum comentário: