sábado, 2 de agosto de 2014

Se jogar assim na temporada regular, quem sabe né?

O treino hoje foi bem animador.
Para quem porventura não souber, todos os times são obrigados pela Liga a realizar um treinamento fullpad em seu estádio durante a Training Camp. Todos. E hoje o Miami fez o seu, abrindo as portas do Sun Life Stadium ( que será reformado no período entre-temporadas até ficar pronto em 2017 ). E o resultado deste treino foi, por incrível que parecer possa, excelente.

Até os super otimistas estavam com um pé atrás com relação com o ataque, E quando digo ataque refiro-me a todo o setor. Que o QB Ryan Tannehill e a linha ofensiva são os pontos mais frágeis deste ataque, até os babões de Tanehill sabem. Mas o treino de hoje foi, acreditem, animador. E a Linha Ofensiva comportou-se, surpreendentemente, bem. E teve o seu melhor dia até aqui na TC. Tannehill completou 15 de 27 passes para 139 jardas, dois touchdowns e nenhum turnover. Se jogasse assim a temporada inteira. A Linha Ofensiva fez uma grande trabalho e não permitiu nenhum sack. E isso com Nate Garner de Center, o que é mais espantoso ainda. 

Uma atuação assim poderia se enquadrar na categoria "procedimento básico", mas para os Dolphins, cuja primeira semana de treinos foi esmagadoramente abaixo do esperado, têm que ser considerado um avanço. 

"Não é nada divertido viver esses dias difíceis, mas você tem que aprender com eles", disse Tannehill. "Tudo é novo este ano e cada treino é um aprendizado, onde você mentaliza exatamente o que tem que fazer. Eu finalmente estou chegando ao ponto agora onde preciso. E iremos continuar afinando isso", disse um confiante Tannehill.

O dia de hoje foi um grande começo para a "era ofensiva" Bill Lazor. Pela primeira vez, observadores externos tem uma clara ideia do que Lazor está tentando fazer. O ataque vai se basear-se no tripé:  espaçamento, movimento e multiplicidade. O ataque será mais dinâmico ( como se pudesse ser menos do que em 2013 ), tendo mais playactions, com jogadas rápidas e inversões. Rotas mais amplas para os WRs e o uso mais constante de RBs para screen pass. Se vai dar certo é outro papo. Mas convenhamos: alguém achou que pudesse piorar? Eu mesmo não achava...

Nosso HC, Joe Philbin disse: "Vez por outra o ataque domina a defesa e vice-versa, mas não é o planejado. Ofensivamente, nós tivemos um par de dias ruins em treinos, mas hoje parecia que tinham bastante domínio, executando bem o plano de jogo. Foi um bom começo. "

Um dado adicional impressionante: Tannehill trabalhou sem seus três principais recebedores e o tight end principal. Mike Wallace ficou de fora com uma lesão muscular. Brian Hartline ( motivo não divulgado ) também teve o dia de folga. Por fim Brandon Gibson pegou um passe, mas passou a maior parte do dia, como um espectador. Além disso, TE Charles Clay saiu mancando do campo no início do treino, mas a lesão não parece ser grave. 

Falando de OL Branden Albert e Ja'Wuan James foram bem, segurando bem a defesa. Daryn Colledge trabalhou como LG e Dallas Thomas e Billy Turner alternaram atuando como RG. E, por enquanto, Garner parece ser a escolha da equipe como Center. "Nós só fizemos um bom trabalho", disse Albert. "Todo mundo fez um bom trabalho, mas temos muito o que melhorar ainda."

Nenhum comentário: