sábado, 20 de setembro de 2014

Quando você pensa que nada possa piorar...

Dion Jordan, o que você anda tomando meu filho??
Sei que não sou o mais otimista dos torcedores do Dolphins. Talvez por ser um dos mais velhos entre aqueles que torcem pelo e pela sequência, quase interminável, de cagadas que a Franquia consegue fazer ano após ano. Talvez seja porque eu esteja ficando mais reticente, sei lá... o que eu sei é que toda vez que, mesmo superficialmente, as coisas parecem melhorar, algo acontece para estragar tudo...

A Semana começou com a derrota terrível para o Bills. Na partida perdeu o destaque ofensivo do time com a contusão de Knowshom Moreno ( ficará fora entre 4 a 8 semanas ). Ai vem uma bomba: Dion Jordan, primeira escolha do time ano passado, foi multado outra vez. Parece piada, não é mesmo? Mas não é...

A NFL e a Associação de jogadores fecharam um novo acordo para política de substâncias. Assim algumas substâncias que eram punidas e proibidas agora não são mais ou tiveram as penas reduzidas. Por isso que Wes Welker vai jogar no domingo, mas Jordan não.

Ele foi liberado da primeiro punição, assim como os outros, mas foi punido novamente. Segundo Omar Kelly ele não passou no teste, ou seja, ainda tem drogas no organismo. Ai podemos pensar duas coisas básicas: ele ainda está usando ( ou usou a bem pouco tempo ) ou a dosagem que ele fez uso foi maior do que se pensava antes. Jordan emitiu nota afirmando estar em tratamento para resolver o problema. Philbin lamentou o ocorrido e a perda do jogador.

Eu achei o movimento no ano passado ousado, o que foi bom. Mas o resultado, como sempre, está se mostrando danoso... Daí o título deste post.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Dolphins re-assina Daniel Thomas

A volta do Bust....
Com a contusão de Knowshom Moreno ( que vai ficar de fora de entre 4 a 8 semanas ) no cotovelo na partida de ontem - como se a derrota já não tivesse sido terrível o suficiente - o Front Office re-assinou com o bust RB Daniel Thomas. 

Agiu rápido e trazendo alguém que conhece o time e o plano de jogo. Realmente não daria para conseguir alguém melhor nesta situação... que ele consiga produzir algo. Mas o passado não nos permite isso...

Voltamos a realidade. Mas e agora?

Alguém anotou a placa?
Poucas coisas me deixam mais irritado do que perder para os Bills. E isso, na gestão Joe Philbin e o nosso QB Ryan Tannehill tem sido levado ao extremo da raiva... foi a quinta partida dos dois contra a temível franquia do norte do estado de NY e a quarta ( sim, isso mesmo ) derrota. Pior ainda, a terceira seguida no Ralph Wilson e a terceira seguida em qualquer estádio... piada.

Eu dissera após a, ótima, vitória contra o Patriots que a chave para esta partida em Buffalo era saber qual time do Miami iria entrar em campo: a destemida do segundo tempo ou a pífia do primeiro tempo. O resultado da partida deixou bem claro qual time entrou em campo.

Aliás, vale a pena dividir as partidas por tempos ( como se fosse Libertadores e os famosos jogos de 180 minutos ):
  • Primeiro tempo contra o Pats: 10x20;
  • Segundo tempo contra o Pats: 23x0;
  • Primeiro tempo contra o Bills: 0x9;
  • Segundo tempo contra o Bills: 10x20.
Trocando em miúdos: o time perdeu dois tempos pelo mesmo placar, marcou ZERO pontos em outros e passou o rodo no Pats no último. Em 3/4 do tempo em que ficou em campo o Miami perdeu por mais de uma posse de bola. 

Vá lá que ontem o time fez 16x10 e poderia ter conseguido até uma outra virada e que o Special Team jogou tudo por terra. É verdade, mas o time é um todo. E tomar duas porradas. Não dá para separar. O que eu sei que perder para o Bills não dá, ainda mais quando se vinha de uma grande e memorável vitória contra o time mais forte da Divisão ( mesmo que atuando apenas um tempo em alto nível ).

Não  tenho bola de cristal, mas eu cravei antes dele ser draftado: Ryan Tannehill não é solução. Ele nem está, digamos assim, sendo tão podre, mas não faz nada para reverter a situação. Outros QBs quando estão apanhando e sem tempo, mudam as chamadas, tentam outros passes e tals. Ele parece só saber jogar de uma única maneira ( se é que sabe jogar de alguma maneira para ser sincero ) e segue errando. Não é só ele o culpado, é claro, mas ele não se porta com o líder também. Perde-se na mediocridade ( e medíocre significa mediano, não ruim ) e afunda com o time.

Um adendo importante: só eu fiquei com mais raiva ainda ao ver Brandon Marshall ter feito 3 TDs no Niners. uma das 5 melhores defesas da NFL? Só eu fiquei pior ao lembrar que ele fora doado ao Bears porque Ireland, Philbin e Sherman decidiram draftar Tannehill assim que se juntaram em Miami e que BM19 seria uma má influência para o garoto? E ficar ainda pior ao lembrar que nas duas escolhas conseguidas na doação o time draftou Michael Egnew ( cortado e que não está na NFL ) e Dallas Thomas que não consegue jogar? Será que fui só eu? Digam nos comentários. Voltemos ao texto.

Joe Philbin também se perde. Não consegue achar soluções. A partida estava 9x0 e o time levou um TD no começo do segundo tempo. Ainda foi até o 16x10, mas... bom, já disse. Perder pro Bills por 38 pontos nas duas últimas partidas é desesperador. E ter feito apenas um TD nestas mesmas duas partidas é matar de raiva... perder pra times com Broncos. Packers, e cia é da vida, eles são melhores. O Bills não, não é... e isso é desesperador. E o que dizer do tão decantado Bill Lazor? O ataque dele, até aqui, não é nada - repito NADA - melhor do que o de Sherman.

Voltamos à realidade, de que nosso time não é o que esperávamos. Mas e agora?

Parabéns Dan Marino


O dia deveria ser de festa completa... mas não temos time para isso. Mas nunca podemos deixar passar em branco o aniversário do melhor QB da história: Dan Marino. Parabéns Dan!!!

domingo, 14 de setembro de 2014

Week 2: Dolphins 10 x Bills 26 - Não é assim tão fácil quanto parecia




É complicado torcer e escrever sobre o Miami Dolphins quando se leva uma surra como essas de hoje. Pela segunda partida seguida levamos uma derrota por 19 pontos do Bills, que é um time fraco. Sim, fraco. Porque se fosse um time ótimo teria feito mais de 50 pontos hoje. Mas como é um time fraco, fez 29 ainda assim...

Perder é ruim, ninguém gosta. Quando se é para um rival de divisão, nem se fala. Mas tá ficando chato perder em todas as visitas ao Bills... foram 4 derrotas em 5 visitas. Assim não dá...

Tudo o que parecia ter dado certo na partida diante do Patriots, hoje foi desastre. Vamos aos destaques ( Positivos e negativos ) da derrota:
  • Ryan Tannehill parece ser jogador de outro esporte. Nem foi tão mal assim, mas francamente o que ele tem na cabeça? Erra passes fáceis, demora demais para dar o passe e não consegue nem evitar perda de jardas quando a pressão é evidente. Um QB acima da média - coisa que ele com certeza não é - ao perceber que não teria tempo, mudaria o modo de jogar, mas ele não faz isso. É como se só soubesse atuar de uma única maneira. Assim vai ficar complicado... para quem acredita nele, é claro. E ele tem, acreditem, 1-4 contra o Bills na sua carreira. E sempre com atuações ruins;
  • Linha Ofensiva não é uma brastemp. Ok, eu avisara que o Patriots tinha problemas na DL, mas teve gente que não quis ouvir. O resultado foi esse de hoje: pressão em Tannehill ( com 4 sacks ) e um Ja"Wuan James sendo engolido. E claro que, não foram abertos espaços pro jogo corrido, mesmo que Knowshom Moreno nem tenha jogado direito e saído machucado;
  • Receivers dropando bolas. Claro e evidente que Tannehill lançou bolas boas. Mas quando isso aconteceu em algumas situações os WRs droparam-nas. Passes dropados viram Punts, que deixam a defesa em campo e a mesma vai cansando. E isso é tenebroso;
  • Mike Wallace fez uma recepção belíssima. O passe não foi bom, fato. Veio atrás, mas ainda assim na direção de Wallace. Um WR sem grandes recursos teria dropado o passe. Wallace fez a sua melhor catch aqui no Dolphins até hoje, com apenas uma das mãos e muito bem marcado pelo DB. Ponto alto do time na partida;
  • Especialistas. Nota zero quando você toma um TD da maneira que tomamos, como 4 jogadores errando tackles, dois deles fáceis demais de acertar. Mas não fizeram...;
  • Linha Defensiva não pressionou EJ Manuel. Se Tom Brady foi esmagado, nós praticamente nem encostamos no Manuel... foi uma grande decepção, sem dúvida. Sem pressão, aconteceu o óbvio: o QB passa mais tranquilamente e isso acaba estourando na...;
  • Secundária. Sem apoio da pressão no QB adversário, o setor fica sobrecarregado. E não deu conta. 
A realidade é cruel às vezes. Fomos do céu ao inferno em apenas duas partidas da temporada. E eu perguntei, após a vitória de domingo passado: qual Miami entrará em campo contra o Bills? Ficou claro que foi o do primeiro tempo contra o Pats, inseguro e errando demais. Para vencer as próximas partidas ( Chiefs e Raiders ) iremos precisar que o time volte a ser aquele do segundo tempo do Sun Life...

Para finalizar, o pior: segundo o PFF Moreno ficara de fora de 4 a 8 semanas. Portanto...

Week 2 Intervalo: Dolphins 0 x 9 Bills - Será que o time consegue outra virada?

foi assim o primeiro tempo todo...
O Miami, por assim dizer, nem entrou em campo neste primeiro tempo. Apenas parte da defesa, que conseguiu impedir o time de estar perdendo por 21x0, deixando o placar acessível.

Knowshom Moreno saiu machucado e com ele... o ataque. Tannehill está sendo o que ele é, ou seja, nada. Time perdido e cedendo jardas e mai jardas para um QB de quinta. Assim é o time. Aliás, cadê o ataque excelente do Lazor?