segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Trainning Camps: Dia 04

E os treinos seguem rolando...


Esta segunda é o primeiro dia sem treinos nesta Trainning Camps. Domingo marcou o segundo treino com equipamento completo do ano, e continuou a dar mais detalhes sobre a 50ª edição dos Golfinhos. Alguns pontos sobre os treinos deste domingo:

Branden Albert treinou com equipamento completo

O time tem tido todos os cuidados possíveis e imagináveis como LT Branden Albert após ele ter feito uma delicada cirurgia para restaurar dois ligamentos do mesmo joelho ano passado. Albert tem realizado treinos físicos, mas ainda não está 100% saudável também. Enquanto o resto do time colocou full pads, pela primeira vez sábado, Albert continuou a trabalhar principalmente com os instrutores. Contudo isso mudou ontem, quando ele treinou ao lado de seus companheiros. Ele participou de alguns dos treinos individuais para os tackles, aumentando sua carga de trabalho e isso é, até aqui, a grande notícia da TC.

Trabalhando o time na Red Zone

O time passou o domingo trabalhando principalmente na zona vermelha. "Nós tivemos mais de 95 snaps competitivas e praticamente todos eles na zona vermelha", disse treinador Joe Philbin depois do treino. "Isso foi realmente o foco principal e é uma área que vocês sabem que nós precisamos fazer um trabalho melhor este ano. De qualquer forma, isso foi realmente a principal ênfase. "

O destaque do dia foi a primeira intercepção Ryan Tannehill. Safetie Reshad Jones pegou a bola na linha de três jardas e ele retornou 97 jardas para o touchdown. Jones comemorou a intercepção diminuindo o ritmo nas 20 jardas finais. "Eu não queria fazê-lo sentir-se mal"disse Jones após o treino.

A linha defensiva continuou a dominar a linha ofensiva, que definitivamente  precisa Albert de volta com força total. O problema não é a Fox como tackle esquerdo, no entanto, mas as duas posições de guarda. O Dolphins continua a tentar encontrar as peças certas para os pontos de partida, mas agora, nada é certo. Rookie Jamil Douglas parece estar liderando o grupo agora, mas Dallas Thomas, Billy Turner, Jeff Linkenbach e, pasmem, até Sam Brenner estão todos girando dentro e fora da equipe titular,  com o time tendo que procurar como encontrar uma linha ofensiva que pode manter Tannehill em pé. Um telefonema para Evan Mathis não deve demorar muito.

Um novo Wide Receiver 
no grupo

O time adicionou o Wide Receiver Cobi Hamilton para a lista no sábado, exercendo seu direito previsto pelas regras da NFL com relação a jogadores cortados ( no ingles Waiver ). E o atleta já treinou ontem com o time. 
Para abrir espaço no roster para Hamilton, foi dispensado o wide receiver Kai De La Cruz.

Falando dos outros Wide Receivers

Michael Preston continua a impressionar. Preston está fazendo tudo para dificultar a decisão sobre os cortes para os treinadores. Ele se destaca entre os receptores do Miami como a meta de 6/5, e ele tem utilizado a altura a seu favor. Preston ainda não subiu muito na lista dos recebedores, mas poderá conseguir isso se seguir com o seu atual nível de treinamentos.

Kenny Stills ficou limitado, na prática, no domingo. O candidato a velocista do elenco está lidando com uma lesão na perna, e passou a maior parte do dia à margem do campo. "Os jogadores sabem quando o seu corpo está melhor", disse Philbin quando perguntado sobre a limitação de Stills. Contudo não custa nada lembrar que o time fez uma troca para poder adquiri-lo. E até aqui, não tem comprovado a aposta nele feita. E vários jogadores velocistas saíram exatamente no terceiro round, a pick que demos para o Saints na troca.

Nenhum comentário: