sábado, 10 de janeiro de 2015

Um momento para se lembrar

Run, Miller, Run
Esta é a apenas a terceira maior corrida da história da NFL. Pena que assim como a interceptação mítica de Brent "Optimus" Grimes restou inútil... Mas as marcas ficam para a posteridade.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Hora de pensar com quem renovar. E tem gente a beça sem contrato...

Com certeza eu renovaria com o camisa 25. E você?
Mesmo times vencedores precisam tomar decisões complicadas quando a temporada termina. Imagina então se o time for o Miami Dolphins, que entra ano sai ano continua parecendo um queijo suíço, tamanha é a quantidade de buracos no time. Do QB até o Kicker falta de quase um tudo, com exceção de um ou dois setores ( DL com certeza, Recebedores talvez ). E a lista de jogadores sem contrato, acreditem, é imensa. Irei listá-los aqui e deixar o que penso de cada um...
  • Matt Moore, QB - Eu nem pensaria duas vezes em deixá-lo sair;
  • Knowshon Moreno, RB - Teve um belo início e sua contusão prejudicou a temporada do Miami. Acredito que um contrato de 2 anos com bônus por produtividade valha a pena. Ele ainda tem lenha pra queimar e tem 28 anos;
  • Jared Odrick, DL - Bem, aqui temos uma decisão bem complicada a tomar. Primeiro porque ele não é um All-Star ( com certeza ) mas está longe de ser um Zé Goiaba da vida. Ele tem qualidade para ser Starter em alguns times da NFL, seja como DE ou DT. Contudo, mantê-lo sairá caro justamente porque ele tem mercado. O time precisará decidir ser quer uma continuidDaade no setor - o melhor do time - ou se vai procurar outra peça. Podemos até conseguir melhor no Draft, mas com o nosso histórico, eu não apostaria 10 centavos nisso;
  • Darryn Colledge, OG - Eis um jogador que chegou sem, digamos assim, chamar atenção e até que não comprometeu. Mas é claro, o time precisaria encontrar alguém melhor. Como? Bom, se alguém souber diga para o Miami...;
  • Louis Delmas, S - Ele jogou bem, superando minha expectativa, mas como previsto ele se machucou. O motivo pelo qual o Lions não o manteve. Diante do que os substitutos não fizeram, creio eu que não dá para pensar em deixá-lo sair;
  • Samson Satele, C - Eu manteria. Ele saiu-se bem e não sairia tão caro assim mantê-lo;
  • Charles Clay, TE - Um caso raro em Miami, ele foi escolhido no Draft como FB e agora é o alvo principal de Tannehill. A menos que queiram arrumar outra muleta para o nosso QB, é melhor renovarmos com ele;
  • Jimmy Wilson, DB - Se renovarem com ele será o primeiro passo para o fracasso;
  • Jason Trusnik, LB - Rendeu até que bem, dado que não se esperava nada dele. Como complemento de elenco, serve;
  • Jason Fox, OT - Adeus!!!
  • Kelvin Sheppard, LB - Outro que serve para compor elenco;
  • Derrick Shelby, DE/DT - Um cara que jogou bem, dado o que se esperava dele. Até interceptação conseguiu. Se não pedir demais para renovar, vale a pena manter sobretudo se deixarmos Odrick vazar;
  • Jonathan Freeny, LB - 100% dispensável;
  • Daniel Thomas, RB - Já fora cortado no começo da temporada e só voltou pela contusão de Moreno. Precisa dizer mais?
  • Michael Thomas, DB - Lembrado pela interceptação em Brady para vitória em 2013, ele se machucou na derrota para o Chiefs. Como não deverá custar muito, eu renovaria. Ele é um Free Agent Exclusivo, ou seja, o Miami pode ganhar pick de draft caso alguém assine com ele;
  • LaMichael James, RB - Dispensável;
  • Jordan Kovacs, S - Dispensável;
  • R.J. Stanford, CB - Para compor elenco serve. E só para isso;
  • T.J. Heath, CB - Quem?
  • Gerrell Robinson, TE - Quem(2)?
São, ao todo, 20 atletas. E ai, o que vocês pensam? Concordam?

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Dolphins contrata um ex-Jets para ser o Vice-Presidente de Operações

Sabem que o cara na foto? Foi ele quem draftou Mark Sanchez...
Muita coisa está no Miami Dolphins. Se formos bem criteriosos podemos mudar a marca de quando perdemos o rumo de 2002 para 1993. Pouco importa saber quando começou, precisamos saber é quando vai parar. Eu estou entre os poucos que acredita que os tempos ruins não estão perto do fim, porque seguimos cometendo erros atrás de erros. Desde manter um Técnico que não tem mais o que dar de bom, seja pela doação feita ao Bears em 2012 ( Brandon Marshall, Top 10 receiver da Liga, por duas escolhas de terceiro round ), seja por ter um QB que não serve... enfim, podemos ficar aqui listando uma série de motivos para o fracasso atual. E que, acreditem, vai continuar...

Essa semana o Miami Dolphins voltou a preencher o posto de Vice-Presidente de Operações, vago desde que Bill Parcells saiu durante a temporada de 2009. Podemos pensar que é um passo no sentido de melhorar a franquia.. mas o escolhido foi Mike Tannenbaum. Não sabe quem é ele? Eu respondo: ele era General Manager do NY Jets até o fim desta temporada. Sim, você leu direito: o Dolphins contratou para ser o seu Vice-Presidente de Operações de Futebol o cara que draftou Mike Sanchez e cia. Realmente, agora vai... ficar pior, é claro.

O time tinha o Tannehill e agora tem o Tannenbaum. Pode ficar pior? Eu não deveria ter perguntado isso...

domingo, 4 de janeiro de 2015

Longa vida a Don Shula

85 anos. Não é para qualquer um.
Don Shula é o técnico com mais vitórias na história da NFL. Ninguém venceu mais do que ele. E para se ter uma ideia, agora é que Bill Belichik - o líder entre os Coachs em atividade - passou a casa das 230 vitórias, mais de 100 atrás do nosso imortal Head Coach.

Nascido Donald Francis Schula, ele foi um CB com um certo destaque nos anos 50. Depois de aposentado, começou sua vitoriosa carreira de Coach em 1960. Em Fevereiro de 1970 chegou ao Dolphins e ai foi só alegrias por 25 anos, com apenas duas temporada com mais derrotas do que vitórias. Quebrou o recorde de vitórias em 31 de Outubro de 1993. Levou o Miami a 5 Super Bowls, tendo vencido 2 ( 72 e 73 ). É ó único Coach a comandar uma temporada completa invicta ( Bill Bellichik o iguala na temporada regular, mas este perdeu o Super Bowl diante do Giants ).

Shula de aposentou após a temporada de 1995. Entrou para o Hall da Fama ( unânime ) em 1997.  É uma lenda viva. Embora tenha começado com os Browns e tenho ficado famoso com o Baltimore Colts, ele é lembrado como HC do Dolphins.

Longa vida a Don Shula, primeiro e único. Que hoje completa 85 anos.