domingo, 12 de junho de 2016

Reshad Jones quer um novo contrato... e ele está certo.

Um dos melhores jogadores do elenco quer ganhar mais
Reshad Jones é um jogador que foi achado no fim do draft de 2010, mais precisamente na quinta rodada. Parecia apenas mais um... mas ele mostrou-se muito mais do que isso. Tem jogado com muita intensidade, doando-se em campo e fazendo mais do que poderia se esperar de alguém saído na posição em que ele saiu. Já foi a 2 Pro-Bowls, liderou 3 vezes o time em tackles e duas vezes em interceptações. Em suma, é um playmaker do elenco.

Quando tem-se tais números é claro que vai querer ser bem remunerado. E quando o time dá - sem motivo algum - contrato de 100 milhões para um QB comum, isso chamará a atenção de outros jogadores. E, convenhamos, Jones joga muito mais do que Tannehill. Ou desenhando: Jones rende mais como Safety do que Tannehill como QB. Todos sabem disso, mas alguns - é claro - irão negar a obviedade.

Ele quer um contrato melhor, mesmo que vá receber este ano mais de US$ 7 milhões. Mas se o time dá 100 milhões para um zé das couves qualquer, é natural que ele queira ganhar mais. Ele merece? Acho que não, mas eu entendo a lógica dele. Só que se ele não for treinar com o time, o Miami pode começar a reter pagamentos dele ( algo como 80 mil de início ), o que só iria azedar a relação.

Eu acredito que Jones mereça uma valorização. O Miami dará? Eu não sei... mas iremos pagar por muito tempo os erros da administração. Aliás, pagamos até hoje erros feitos 20 anos atras´...

Nenhum comentário: