terça-feira, 18 de outubro de 2016

Análise da corrida de Jay Ajayi para selar a vitória contra os Steelers


Jay Ajayi teve um dia inesquecível. Ele, uma escolha de quinto round ano passado, vinha sofrendo muita pressão, afinal era o Starter de um ataque apático, com pouca coisa para destacar. Seu desempenho até a semana passada era, digamos assim, sofrível, pois em 5 partidas tinha a assombrosa marca de 117 jardas e 2 Tds. Depois da partida contra o Steelers, ele praticamente dobrou as jardas ( ao correr 204 ) e fez isso com os TDs. Quanto disso é obra do acaso e quanto é mérito de uma mudança de ares?

Existem algumas coisas a serem analisadas. A primeira é que Mike Pouncey, nosso Center, finalmente estreou na temporada. E ele, All-Star que é, conseguiu elevar ( como esperado ) o nível da OL, tanto que Ryan Tannehill não foi sacado. Além disso, Pouncey sozinho consegue segurar um e até dois DLs, facilitando a vida dos Guards e dos Tackles. Detalhe: eles não ficaram espetaculares não, tanto que James comeu mosca em dois lances permitindo perda de jardas nas jogadas. Mas fica mais fácil jogar com um All-Star, isso é inegável. Segundo que o time fez alterações sim no plano de jogo, porque o anterior claramente não estava dando certo. Ai vem a pergunta: porque demoraram tanto para fazer o óbvio? Adam Gase com a resposta, ou não.

Por isso é que antes de soltar rojões e acreditar que temos um ataque de 30 pontos é preciso ver mais desse sistema, que a meu ver pode ter sido resultado de fatores que não estarão presentes, por exemplo, contra o Bills no domingo. Mas claro que é animador, mas alguns exageram e já apontam que Tannehill enfim deu certo. Menos né?

Sobre a jogada que finalizou a partida, temos uma aula de bloqueios e como correr na NFL. Comecemos pelo snap ( as imagens são prints do vídeo da jogada )


O lance era crucial. O Steelers ainda tinham 2 tempos para pedir e o placar era perigoso, 23x15, uma posse de bola apenas com conversão de 2 pontos. O clima parecia ser do time de Pittsburgh, que acabara de marcar um Touchdown. Tudo conspirava contra o Miami, como diversas vezes vimos acontecer nestes últimos anos. Mas dessa vez seria diferente. Saindo numa formação em Y, claramente para uma corrida e o Steelers avançou suas peças para tentar conter a jogada. Após o Snap Mike Pouncey avança e vai realizar um bloqueio no segundo nível, deixando Jermon Bushrod e Ja'Wuan James com os DLs que tentaram ir atrás de Tannehill e Ajayi. Dion Sims também saiu para realizar um bloqueio bem além da linha de scrimmage, com MarQueis Gray fazendo um bloqueio simples na linha. Complementando o movimento Jarvis Landry foi buscar bloquear o CB que deveria lhe marcar. Essa configuração aparece na imagem abaixo:


Tão logo Ajay começou a correr, viu um grande corredor aberto pela direita da linha, por onde fez um corte rápido para ele. Ao passar pela linha de scrimmage ele fez um corte rápido para o centro o first down era mais do que certo, mas o defensor livrou-se de Pouncey e era - a esta altura - a única ameaça para a corrida de Ajay, como vemos na imagem abaixo:


Landry fez bem o seu bloqueio e Pouncey ainda consegue atrapalhar o marcador e Ajayi passa como uma flecha entre os dois. Resta agora só o Safety que tentar cortar a linha...


Ao passar no meio de dois defensores, Ajayi finalmente é tocado e deslocado de sua rota para a direita e perde um pouco de velocidade. O safety sabe que precisa contê-lo ou o dano será maior. O tackle acontece em cima da linha de first down. O defensor acima tentar ganhar velocidade para, caso Ajayi passe ele consiga evitar o Touchdown...


Ajayi passa e ai fica livre para correr até a end zone... e comemorar.





segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Reshad Jones pode perder o resto da temporada

melhor jogador da secundária pode estar fora da temporada...
Vencemos, o que é bom, mas uma notícia tenebroso veio jogar um balde de água fria, com a informação de que Reshad Jones provavelmente está fora da temporada. Ele sofreu uma ruptura no manguito rotador ( ombro ). Ainda não está confirmada a perda da temporada, mas as chances são mínimas. Se fossemos time de jogar em Janeiro, existiria uma esperança. Mas... ele fará falta, com certeza.

domingo, 16 de outubro de 2016

Week 6: Dolphins 30 x 15 Steelers - Porque não jogar assim sempre?

Ajayi passou por cima do Steelers...
Se alguém falasse antes da partida numa vitória do Miami por mais de duas posses de bola seria internado imediatamente, pois estaria maluco de pedra. E eis que ao fim da partida, o time venceu o fortíssimo time do Steelers por 30x15, com direito a uma partida praticamente sem erros, sem interceptação de Tannehill, sem fumbles e sem dropes horrorosos. E, pasmem, sem falhas grotescas na defesa, com direito a um soberbo Byron Maxwell anulando Antonio Brown e a defesa engolindo Le'Veon Bell.

Claro que a partida faltando pouco mais de um minuto estava 23x15, mas uma corrida perfeita de Ajayi de 62 jardas deu números finais à partida. Aliás no total Ajayi passou das 200 jardas, sendo crucial para a vitória. Ryan Tannehill teve uma boa atuação, com 24 passes acertados em 32 tentados para 252 jardas. Ele não passou para TD ( segunda partida seguida ), mas também não lançou interceptação. Fez dois bons passes, comandou o ataque sem grande afobação e foi melhor protegido. 

A vitória nos deixa com 2-4, o que não é nem perto do que a torcida merece. Mas ao menos foi uma boa partida, mesmo que Big Ben tenha saído de campo durante uma parte do jogo. O ataque enfim deu as caras e a defesa teve uma partida decente. Pena que estamos é na sexta semana e não na primeira.