sábado, 12 de agosto de 2017

Miami de olho no mercado, mas por enquanto Mike Hull é o MLB

Hull é quem ficou com a vaga de McMillan...
Não escondo de ninguém que o time do Miami ainda tem buracos terríveis, que nem passaram perto de serem cobertos nessta off-season. E não estou falando da posição de QB, mas sim a de LB. Neste ano trouxemos apenas 2 jogadores para reforçar um setor que era um dos piores de toda a NFL. Um calouro ( McMillan ) e um veterano ( Timmons ) estão bem distante do que eu achava necessário. E agora que McMillan está fora da temporada, temos apenas um Veterano como reforço...

Com a saída de McMillan, bem como a anterior de Koa Misi, o time está teoricamente mais fraco do que estava quando fomos massacrados pelos Steelers. Ter passados bons LBs no primeiro round - mesmo que Charles Harris pareça mesmo promissor - deverá cobrar um alto preço ao setor. Eu avisei, é claro.

Agora temos que Mike Hull - na foto conseguindo uma interceptação na partida contra os Cards - é quem ficará com a vaga. Que, é preciso dizer, McMillan nem tinha conseguido ainda em campo, mas todos sabiam que ele seria o Starter. Sem ele no time, Hull vira automaticamente o titular, mas e o time não vai contratar não? Bom, parece que sim... mas quem?

Ai começam os problemas. As opções de mercado agora passam longe de animar alguém e uma trade como a do ano passado que nos trouxe Kiko Alonso não aparecem todo dia. Sendo assim, o time deve esperar pelo dia dos cortes e observar com bastante cuidado os nomes dos LBs que foram dispensados. É aquela coisa: o lixo de alguém pode ser a refeição de outros.

Em todo caso não teremos o setor em desenvolvimento que seria o adequado, porque apenas teremos algo remendado. Tudo porque o front office simplesmente parece que não percebeu o buraco do time. E agora terá que tampá-lo com fita crepe. E isso é um problema grande... tomara que Hull tenha mais dias como os da foto e que os futuros contratados possam ajudar muito.

Nenhum comentário: