segunda-feira, 12 de março de 2018

A troca de Jarvis Landry desnuda de vez a Zona que é o Miami Dolphins

Outra cena que será muito vista no Hard Rock Stadium esta temporada...
Se tem uma coisa que o Miami Dolphins é o melhor da NFL é em como envergonhar seu torcedores. E neste fim de semana em especial, ficou bem claro o tamanho da incapacidade de gerência que está Franquia vive: a troca de Jarvis Landry por uma reles escolha de quarto round é de lascar. Ah, dirão alguns que tem uma de sétimo do ano que vem... pois é, tem. Quando ainda tentava digerir a idiotice que foi mais esta doação, eis que os Bills conseguem uma escolha de TERCEIRO round do mesmo Cleveland Browns por Tyrod Taylor!!!

Tipo assim: os Dolphins doaram seu melhor jogador ( em qualquer lado do campo ), um All-Star nato por uma escolha de quarto round, mas os Bills trocaram um QB pra lá de meia-boca por uma escolha um round anterior. Se isso não é a prova cabal de suprema incompetência que reina em Miami, eu não sei mais o que precisa acontecer para provar isso.

A franquia adquiriu um DE - que não precisamos - por uma escolha de quarto round e doa seu melhor jogador por uma igual escolha de quarto round. Na prática, o Miami diz que, como eu postara duas vezes, talento é proibido no time. Robert Quinn é bom jogador, que se registre, mas vem para o melhor setor do time enquanto enfraquecemos o ataque, que foi o 26º ano passado. Algo mais idiota do que isso pode acontecer? Pode, deve e vai acontecer. É só esperar pelo Draft...

O time perdeu qualquer poder na troca quando deu permissão ao jogador. Toda a Liga sabia naquele momento do desespero do time para não sair de mãos vazias. Assim sendo o time ficou com o que ofereceram, que foi praticamente nada. Neste momento vejo que foi um excelente negócio o de Brandon Marshall em 2012, onde obtivemos 2 escolhas de 3º Round. Sinceramente é de dar vontade de virar torcedor de outro time...

Depois reclamarão que o Estádio fica vazio e que as vendas de camisão são irrisórias. E teremos outra temporada bem fraca, talvez um 5-11 ou outros 6-10. Que nem mesmo nos permita sonhar em escolher uma Estrela no Draft... sem que, esperar que o time acerte alguma coisa é piada. Até porque nas raras vezes em que acerta, costuma deixar o jogador ir embora. 

Para Jarvis Landry, eu desejo toda sorte do mundo. Que ele consiga manter-se como o melhor Slot Receiver da Liga, que consiga outra vez mais de 100 recepções e que supere a marca das 1000 jardas. Espero, sinceramente, que ele CALE a boca do Front Office e quando os Browns jogarem com os Dolphins, eu irei torcer por ele. Que ele tenha 4 ou 5 TDs. Porque ele merece isso de mim e dos torcedores. Já o Miami Dolphins... não merece os torcedores que ainda possui. E a cada dia eles serão menos e menos... até o dia em que não restará mais nenhum.

É o que merece um time que faz o que fez com Jarvis Landry.

Nenhum comentário: