segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Pílulas do dia seguinte. Quer dizer, da semana seguinte

Resumo da partida...
Eu adoraria postar que o time foi até um dos templos do FA e conseguiu vencer o outrora temível Green Bay Packers. Mas não foi o que aconteceu. Mesmo que em um determinado momento do segundo tempo o placar tenha estado em 14x12, a real é que nunca tivemos uma chance verdadeira de vitória. Sempre ficava a impressão que era só Aaron Rodgers querer que o placar se dilataria. E de fato, ele se dilatou no meio do terceiro quarto com 2 TDs dos cabeças de queijo.

A real é que todos sabíamos que a derrota era mais que provável no Lambeau Field. Isso é um fato inexorável. e apontá-lo não tem nada de pessimista. Acontece que existem maneiras de perder uma partida, e a "escolhida" foi humilhante: erros e mais erros ( a imensa maioria no ataque e com Osweiller ), com o time só conseguindo chutar Fields Goals. Aliás, faz tempo que o Miami fez um TD e nem foi o QB do time: Amendola acertou passes para Grant na end zone contra os Texans!!!! Isso diz muito sobre o time. Ou especificadamente sobre o ataque.

Ontem não perdemos. Porque não jogamos... kkkkkkkkkkkk. Piadinhas a parte, o time enfim teve sua merecida bye week, e Adam Gase decidiu dar folga mesmo para os jogadores. Podem criticar, mas eu consigo entender o intuito da ideia: refrescar os ânimos e fazer com que voltem com as bateria recarregadas. E iremos precisar.

Faltam seis partidas e com 5-5 empatado com outras 4 equipes, existem chances de post-season. E o calendário não é inviável neste quesito, embora tenhamos ainda pela frente duas pedreiras ( Pats e Vikings ). Mas não falarei destas partidas, nem da último contra os Bills fora ( ainda encaramos os Jaguars e sua fortíssima defesa ). Aterei-me as duas próximas partidas: Colts ( fora ) e os Bills ( casa ). A ida no Lucas Oil Stadium tende a ser o divisor de águas, por vários motivos.

Primeiro porque o time adversário vem subindo rapidamente na tabela e é uma das equipes 5-5. Segundo que uma derrota nos deixaria atrás deles, e já estamos atrás dos Bengals no confronto direto. Terceiro que, com 5-6 o time teria que vencer 5 partidas em 5. E quem em sã consciência acredita nisso? Acho que ninguém...

É possível vencer os Colts? Na teoria sim, mas na prática. A equipe arrumou, enfim, uma OL graças a Quentin Nelson draftado este ano. E protegido, o velho Andrew Luck parece ter ressurgido. Se nossa DL não pressiona QBs com OLs ruins ( Texans e Packers ) imagina contra uma das melhores da temporada? Se vencermos, ai voltaremos com moral para encarar os Bills, um time que vive de altos e baixos e que se estiver em baixa temos tudo para vencer, mas se estiver em alta...

O segredo passa por vencer Colts e Bills. Ganhar moral para encarar o trio Patriots ( casa ), Vikings ( fora ) e Jaguars ( casa ). De nada adiantará fazer 2-1 nestas partidas, duras, tendo perdido para os Colts e/ou para os Bills. Chance ainda existe, time para vencer é que não temos. Ah, sim, talvez Ryan Tannehill volte contra os Colts. E isso não é uma boa notícia, apenas uma informação.

Nenhum comentário: