segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Simplesmente não dá para perder assim

Tannehill no chão e os Bengals indo para a virada...
Existem derrotas e derrotas. A de domingo, como bem explicitado, é terrível porque o time não fez nada. E a de hoje também é uma forma de perder que deve ser evitada: quando você tem a chance de matar uma partida e simplesmente deixa o adversário vencer.

No primeiro tempo, apesar da manutenção dos irritantes screen pass, o time foi bem. E fez 17x0, algo incomum em Miami. Mas... o segundo tempo o time não fez NADA, absolutamente, nada. Foram diversos tree and outs e a defesa, claro, cansou. O time de Cincy fez 10 pontos, e até ai, tudo bem, ainda estava 17x10. Mas ai...

Nosso QB(!!??) resolveu antecipar o Natal ( ou o dia das Crianças ) e distribuir 2 presentes à defesa dos Bengals. Um deles, foi coisa de imbecil mesmo: sem opção de passe, ele não quis aceitar o sack e nem quis lançar um intecional ground e jogou a bola nas costas de um colega de time... e a bola sobrou nas mãos de um defensor que fez 17x17. 2 posses depois ele fez a mesma coisa, não aceitar sack e nem fazer uma falta, e sofreu um fumble que foi retornado para TD. 

A culpa é só dele? Não, mas 80% é. Ele deu 14 pontos aos Bengals. Podemos lembrar que a OL foi mal no segundo tempo, Gase não melhora o nível no intervalo, que o jogo corrido é um desastre ( exceto Frank Gore ). Mas enfim, não dá para perder assim. Mas o time acha uma maneira de perder, quase sempre.

Os defeitos do time nas 3 primeiras partidas ficaram piores e as virtudes sumiram. Ao menos no ataque. Lastimável o que se viu hoje. E eu tenho a impressão de que veremos mais vezes até o fim da temporada. Infelizmente.