sábado, 21 de fevereiro de 2009

Hora Phinática por The War: Free Agency 2009 pt 2.

Ele poderá ser o nosso matador

Na quarta edição da Hora Phinática irei falar sobre a free agency outra vez, só que dessa vez sobre jogadores de outros times que podem ser contratados pelo Dolphins.
  • TJ Houshmanzadeh: O WR do Bengals pode ser o nosso matador que tanto precisamos, mas acho que deviamos dar no máximo 10mi por ele, mais num vale a pena.
  • Chris Canty: O DE dos Cowboys foi bem na última temporada e poderia ser um reforço, mas no máximo até 5mi por ano.
  • Miles Austin: O WR do Cowboys teve uma boa temporada para um quarto receiver, ele é um RFA, se for no máximo uma tender de sexto round poderiamos tentar contratar ele por no máximo 2mi por ano.
  • Bart Scott: Num gostaria dele no Dolphins, acho que devemos manter o Crowder, pois ele(Crowder) tem inteligencia e algumas outras coisas que Scott não tem, e talvez seu desempenho seja por estar junto de Lewis e Suggs no Ravens.
Por hoje é só, teve outros rumores, de jogadores como Carlos Dansby e Julius Peppers que poderiam vir para o Dolphins, mas foram tagados, e para contratar eles tem que dar duas picks de primeiro round, o que num vale a pena.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Dolphins renova com Carey

Renovação merecida, ele jogou muito em 2008


Segundo vários sites, entre eles o gridironfans.com, o Dolphins reassinou com o RT Vernon Carey, num contrato de 5 anos, os valores ainda não foram divulgados.
Na minha opinião, foi uma renovação necessária e merecida, pois assim mantemos dois ótimos tackles (Long e Carey) por muitos anos, agora devemos nos focar em renovar com Crowder e Bell.
Notas sobre a renovação
  • O acerto é de 6 anos por US$ 42 milhoes. Alto para um RT, mas ele pode - como já fez na sua carreira - em uma eventualidade jogar de LT. Mas é salgado o contrato...
  • No entanto, ele tem garantidos apenas 15mi, o que dá 2,5mi por ano. Os 42mi é o valor máximo que ele poderá ganhar com esse contrato, dependendo para isso vários fatores: quantidade de jogos, desempenho, prêmios - tanto pessoais quanto no grupo, titulos de divisão, etc. Olhando por este lado, me parece até um bom negócio, o que o Miami fez.
  • Um dado sobre ele é que ele jogou 59 jogos seguidos como Starter da OL do Miami, mostrando que ele é um verdadeiro homem-de-ferro.

E nada de Franchise Tag...

O prazo para que as equipes usassem a "Franchise Tag" acabou ontem, e o Miami Dolphins não usou este artíficio. Esperava-se que o time a usasse em Vernon Carey-RT ou em Channing Crowder - ILB, mas não foi o que aconteceu. Isso tem dois desdobramentos diretos:
  1. Os dois podem negociar com qualquer time e não são mais Dolphins Players, a menos que até o dia 03/03, renovem com o Miami;
  2. Estamos com dois grandes problemas: perdemos um Tackle ótimo, que cedeu 4,5 sacks ano passado e sem o esteio da defesa, a despeito dos sacks de Joey Porter, quando Crowder não jogou tomamos quase 500 jardas do Chiefs;

Espero que o time assine logo uma extensão contratual com Crowder, pois nenhum FA de nível equivalente irá aceitar ganhar menos do que renovar com ele. Quanto à Carey, devem existir uma dúzia de times alegres com a possibilidade de tê-lo a proteger seus QBs.

Informações vinda dos EUA apontam que o Dolphins está negociando com ambos. Mas agora, sem a Franchise Tag, nada os garante em Miami na Temporada 2009. O que é, ou poderá ser, uma pena.

Sobre os Wide Receiver do Time...

E a despeito das informações de que o Miami tem interesse em TJ Houshmandzadeh - publicadas aqui no Blog - o nosso HC Tony Sparano disse: "nós fomos o 10° melhor ataque no ano passado. E eu e o Dan Henning ( OC ) estamos bastante satisfeitos com as nossas opções de WR". Não concordo com eles, e torço que isso seja apenas um jogo de cena e o TJ apareça no dia 03/03.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Re-Sign Carey??

Segundo o Site www.thephinsider.com, o Miami estaria muito perto de fechar um novo contrato com o Tackle Vernon Carey. Boa noticia, mas esperemos por uma definição de quanto isso irá custar ao Cap Room do time...

TJ Houshmandzadeh no Dolphins??

Será que o veremos em Miami??

Que eu não nutro sentimentos de euforia com os nossos Wide Receivers, todos que frequentam este Blog já estão carecas de saber. Que eu quero um WR pra decidir jogos, idem. A questão é: vale a pena dar um mega salário ao cara da foto??

Humildemente eu não sei. Quebramos a cara com o Ernest Wilford, mas o TJ Houshmandzadeh ( que nominho complicado... ) é bem melhor em sua carreira que o Wilford, jamais será. Um outro dado pode elucidar: na matéria do Blog Phinsider ( clique na foto do sopinha de letrinhas para ler ) tem os Stats da carreira dele, e ele sempre ficou perto das 1000 jardas ou as superou. Isso tendo o "Ocho Cinco" no mesmo time.

É aguardar para ver. Pois ele será Free Agent, o Bengals resolver tagar o Kicker(??) do time, e poderia assinar conosco.

Até uma votação eu estou abrindo: Você phinático, acha que vale a pena ter o Houshmandzadeh no time?? Você decide...

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Rapidinhas...

Nota rápida, direto do site Oficial do Miami:
"Also on Wednesday, the Dolphins released guard Matt McChesney and linebacker Kelvin Smith."
Nada que irá nos levar ao Super Bowl, é claro. Que por acaso será disputado no Dolphins Stadium.
No The Phinsider, do qual somos parceiros, dá algumas outras notas sobre os FAs do Dolphins e de outros times:
"And here is what Kirwan writes about the Dolphins' situation:
It wouldn't surprise me if the Dolphins don't tag anyone, but they have the cap space to secure one player. I think safety Yeremiah Bell, with a $6.34 million tag, is the guy, and then the Dolphins take their chances at offensive tackle with Vernon Carey. It's a good year in the draft for tackles and a questionable year for safeties.
You know - it's going to be interesting to see what happens this week in regards to Miami's franchise tag. The Dolphins could be holding out to see if the Panthers tag Gross before deciding to franchise Carey - if they can't come to terms with Vernon. And in all honesty, over $6 million for Bell is a little steep - though I'd imagine the Dolphins would work hard to come to terms on a longer deal with Yeremiah before Bell actually signs the franchise tender."
Em suma, o Miami estaria esperando o movimento de outros times para definir se colocará ou não a Tag em algum jogador, lembrando que não é uma prática usual em Miami, mas como temos um novo dono, nunca se sabe. Me parece que a Tag parecia destinada a Carey, mas agora estão pensando em usá-la no Carey. Sei lá, não me parece ser uma boa. A menos que se renove com Carey...