domingo, 11 de dezembro de 2011

Week 14: Eagles 26 x 10 Dolphins

Em uma partida com muitas contusões de nosso lado ( Matt Moore, Jake Long e Vernon Carey ), o Miami Dolphins fez um segundo quarto tenebroso ( 24x0 pro Eagles ) e perdeu mais uma na temporada. Derrota que, sob certo aspecto, pode ter sua serventia no futuro: o Eagles agora está a nossa frente na temporada, e escolheria depois no Draft. Não gosto de perder, mas essa é uma daquelas que não me deixam nem um pouco triste. Só temos que acompanhar o desenrolar da contusão de Jake Long, pois parece ser algo bem grave, tomara que não seja nada demais e que nem o prejudique na continuação de sua - até aqui - excelente carreira.

 Não sei exatamente porque, mas acho que Nmandi Asomugha não deve guardar boas lembranças do Miami. Ano passado sofreu com o camisa 15 Davone Bess. Agora tomou esse queimada na End Zone de B19. Foi lindo demais o lance e parecia, apenas parecia que o time iria vencer outra.

 Bush e Marshall dão mostras que podem formar uma grande dupla. Um correndo e o outro recebendo. Se irão ou não, depende de quem será o nosso QB em 2012. Se for alguém como Moore, as chances são pequenas. Mas se vier um QB com talento ao menos decente, ai as chances aumentam consideravelmente.

 E por falar em Matt Moore, o mesmo saiu de campo machucado, por tem apanhado para burro, após as saídas de Vernon Carey e sobretudo Jake Long. Ainda não se tem informações concretas sobre a sua contusão, mas eu espero que ele possa jogar no domingo, pois ele não é uma Brastemp mas é muito melhor do que J. P Losman.

 Convém citar que Reggie Bush, sem OL, conseguiu fazer o seu terceiro jogo da temporada com 100 jardas ou mais ( o quarto na carreira ). Até aqui é promissor a sua estada em Miami...

 Para os críticos, ai está Jason Taylor dando mais um sack. Não custa nada lembrar que ele é o líder do time no quesito e o líder da NFL entre os jogadores em atividade. Nada mal para um dançarino, não?

 E foram 2 hoje. E adivinhem quem agora é líder em sacks do time na temporada? Por isso eu adoro Jason Taylor.

 E depois puxou a fila para orar pelos jogadores machucados. Na foto diversos jogadores, mas salta aos olhos Michael Vick. Que teve uma atuação interessante hoje.

7 comentários:

Derek Szabó disse...

Valeu Eagles!!!!

Nesse jogo eu era Eagles na veia. Também não gosto de perder, mas essa derrota foi mais uma vitória pra nós do que pra eles.

Dan Pereira disse...

Bush tendo sua melhor temporada correndo quem diria e Moore e Marshall estão bem entrosados pena que Moore saiu do jogo depois da contusão de Long que deixou a OL como se fosse um queijo cheio de buracos.

E no draft eu acredito que ainda de para pegar o Griffin eu só quero ganhar 1 jogo no resto da temporada adivinha de quem?

JETS

Dan Pereira disse...

Armando Salgueiro disse que Ireland Fica ano que vem e Sparano está fora estava no twitter dele

Luiz Paulo disse...

Minha preocupação maior é um Head Coach!! Só olhar no que o Jim Harbaum tranformou o SF49.

Qb agente sei lá, busca na free agency, ou entrega o resto e pega um no draft...

RFIALHO disse...

O Luiz Paulo tem total razão quando fala do HC, o que separa um time do outro na NFL é o HC e seu staff, pois todos os times tem valores muito semelhantes a diferença é que uns são mais bem utilizados que os outros. O 49ers por exemplo, tem basicamente o mesmo time do ano passado...o q mudou? O HC.

Acho as duas coisas fundamentais: HC novo e bom e um QB novo e bom. E é perfeitamente possível o front office dos Dolphins conseguir os dois, basta trabalhar com um pouco mais de seriedade.

Tomás Rios disse...

Precisamos de um QB novo e um HC novo tb. Tony Sparano já foi demitido, agora precisa contratar alguém decente pro cargo, e o QB novo tem que vir pelo Draft, tomara que seja o Griffin, que venceu o Heisman desse ano.

Dan Pereira disse...

muitos analistas estão dizendo que Griffin é uma mistura de Brees e Vick juntos esse ano acompanhei mais a NCAA e gostei muito do Griffin, Barkley e Weeden e o sophomore A.Murray da Georgia