sábado, 3 de setembro de 2011

Cortes no elenco

Cortados
CB Vincent Agnew
TE Brett Brackett
WR Patrick Carter
G Garrett Chisolm
QB Pat Devlin
TE Dedrick Epps
LB Jonathan Freeny
RB Nic Grigsby
T D.J. Jones
T Matt Kopa
WR Phillip Livas
WR John Matthews
CB Nate Ness
LB David Nixon
QB Kevin O’ Connell
WR Julius Pruitt
S Mark Restelli
LB Robert Rose
TE Mickey Shuler
LB Quinton Spears

Contratos Encerrados
S Gerald Alexander
CB Will Allen
NT Ronald Fields
RB Larry Johnson
FB Lousaka Polite
T Ray Willis

Incluido na Lista de Machucados
T Lydon Murtha

Dia de ( muitos ) cortes


Hoje é o dia de definirmos nossos 53 eleitos para a temporada de 2011. Teremos vários cortes e abaixo a lista atualizada ( e quantos faltam para chegarmos aos 53 ):
Jogadores no elenco: 75 - Cortes restantes: 22
QB: Kevin O´Connell
WR: John Mattehews
TE: Dedrick Epps
S: Gerald Alexander e Mark Restelli

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Pré-Temporada Jogo 4: Cowboys 03 x 17 Dolphins

E terminou a pré-temporada. Ainda bem!! E o Miami venceu. E isso não vale nada. E Matt Moore jogou muito bem, e isso vale alguma coisa. Não tanto assim, mas vale...


Terminou a pré-temporada e fizemos 3-1, o que não custa lembrar de nada vale pra temporada regular ( Lions vive fazendo 4-0 e 0-16/1-15 na hora que é pra valer ). Algumas coisas boas aconteceram outras nem tanto, mas o melhor foi termos passado sem uma baixa sequer. Sábado teremos a lista dos 53 eleitos pra temporada regular, que deve mudar logo em seguida pois sempre rola um corte interessante em outras equipes e ai cortamos alguém para dar espaço para novas aquisições. Em condições normais só volto a escrever no sábado a noite. Portanto a caixa de comentários é toda de vocês.

Atualização: Nesta quinta-feira, a lenda Zach Thomas fez 38 anos. E Jason Taylor ( igualmente lenda, mas ainda em atividade ) fez 37. São cunhados e compadres. E foram, após Marino, os melhores com a camisa do Miami. Na lista também entram Patrick Surtain e Sam Madison. Mas como estes sairam cedo para outras equipes, a dupla Thomas/Taylor ficam em melhor posição.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Rapidinha: Miami com problemas para conseguir vender ingressos

Não é um problema que possa, digamos assim, impactar o time em campo, mas traz prejuizos para a Organização Dolphins. Existe uma regra sobre transmissões de partidas na NFL que determina que jogos que não tenham 75% da lotação vendida 72 horas do começo da partida, a mesma não será transmitida para o Estado de origem do time.

Isso claramente é uma forma de manter torcedores no estádio, mas o Lockout prejudicou as vendas ( quem iria comprar ingressos de uma temporada que poderia não acontecer? ), mas o Miami vem tendo problemas recentes com isso. E ano passado quase que tivemos um jogo vetado ( Lions ). Desde 1998 ( jogo contra o Rams ), o Miami está 101 jogos consecutivos com a cotação mínima alcançada. Os primeiros números de vendas antecipadas deste ano estão bem abaixo da esperada: 42% este ano contra 56% de 2010.

A organização está se mexendo, tendo inclusive marcado um evento com os jogadores da Universidade da Flórida ( Gators ) em comemoração ao título que eles conseguiram em 2009, durante a partida contra o Denver. Mas porque contra o Denver e porque os Gators, e não a "U"? Simples a resposta: Tim Tebow é QB dos Broncos e Mike Pouncey nosso Center, e os dois fizeram parte daquele time. Portanto melhor escolha impossível.

O primeiro jogo com risco de ficarmos sem transmissão deve ser contra o Houston Texans, pois o MNF contra o Pats não entra na conta dos 75% de lotação, já que a transmissão é nacional e em horário nobre. Para mostrar que não é um problema isolado, outros times estão tendo problemas. Curiosamente os outros dois times do Estado estão entre os maiores ameaçados.

domingo, 28 de agosto de 2011

Pré-Temporada Jogo 3: Dolphins 13 x 17 Buccs


Pré-Temporada é momento para avaliar o time e não olhar pro resultado. Quantas vezes eu disse isso aqui? Umas trocentas, com certeza. Pois é hora de analisar os pontos positivos e negativos do jogo ( e não o resultado ) de ontem, no clássico da Flórida:
  • Chad Henne jogando bem? Bom, até certo ponto sim. Acredito que ele mostrou sinais de que possa voltar a ser o Henne de 2009. Entendam bem: eu disse "sinais", não que ele esteja mostrando que está melhor. E temos que dejesar que ele jogue bem, pois gostando dele ou não, será ele o comandante deste ataque diante do Patriots, no Monday Night Football;
  • Cadê o jogo corrido? Estou começando a ficar, seriamente, preocupado. Tudo bem que a OL tem a ver ( próximo tópico ), mas não podemos ficar inertes como ficamos ontem. Nem vou somar quantas jardas conseguimos, mas eu arrisco que não passamos de 30;
  • O que está acontecendo com a OL? Tudo bem que as mudanças foram grandes e que Jake Long está voltando aos poucos, depois de cirurgia, mas era pra Henne e Moore apanharem tanto assim? Pouncey é novato e merece um desconto, mas e o que dizer do Mark Colombo? Eu estou preocupado, pois a DL do Pats tem um tal de Albert Haynesworth. Além de outros jogadores, mas é que este um dia pisou na cabeça de um adversário. E eu tive pena do Moore ontem. Levou um sack que doeu até em mim. Por isso, sem cr´tica alguma a atuação. Afinal com uma OL(??) daquelas, é injusto fazer qualquer comentário;
  • Brandon Marshall mão de manteiga? Nem tanto, pois é natural evitar pancadas nestas partidas, mas os drops e sobretudo o fumble não são tão normais assim. Que ele esteja guardando as recepções para temporada. E claro fica de alento o TD de 60jds marcado ontem.
  • A defesa está ficando da hora. Josh Freeman teve imenso trabalho no primeiro tempo e se o Buccs empatou o tempo foi por culpa nossa ( o fumble de Marshall terminou no TD de empate. Pressionando bem, cobrindo bem e tendo ótimas leituras do ataque adversário. Tudo bem que no MNF será Tom Brady, dá pra ficar animado.

No mais, uma partida comum de pré-temporada: muitos reservas em campo e vários jogadores dos quais nunca mais ouviremos falar vestindo nossa camisa.