segunda-feira, 2 de abril de 2012

Draft Prospects: Kirk Cousins QB


Kirk Cousins tem um feito e tanto: é o QB mais vencedor dos Spartans de Michigan. E o primeiro a não perder uma única partida diante dos Wolverines ( de onde vieram Jake Long e, que coisa, Chad Henne ). Já que não deu certo com um QB de Michigan, não custa nada tentar com um da Universidade rival, certo?

Existe uma coisa sobre a qual todos os analistas concordam: tirando Andrew Luck e, talvez, RGIII não existe um talento nato pra posição de QB nesta turma. Como Ryan Tanehill parece ser agora considerado talento(??) pro Top 5 ( falam dele no Browns, que tem a quarta pick ), temos que voltar nossos olhos pros QBs que poderão aparecer no segundo round. E nesta semana irei desbravar nomes de QBs que podem ter sucesso na NFL, mas que com certeza precisarão das condições ideais para isso. E o primeiro nome é Kirk Cousins.

A Universidade de Michigan State é uma das mais tradicionais do esporte, e grande sua rival é Michigan. A rivalidade entre os Spartans e os Wolverines é grande e nos últimos 3 anos, pela primeira vez na história do confronto, os Spartans venceram. E esse sucesso deve-se, em grande parte, ao seu QB ( starter desde 2009 ) Kirk Cousins. E é sobre ele que iremos falar agora:
  • Nome: Kirk Cousins, 23 anos ( 19/08/1988 ) - Sênior - Peso: 1,91m - Altura: 92Kg.
 Pontos Fortes: Raros intangíveis ( o algo mais dentro de campo, exemplo-mor: Tim Tebow ), liderança nata em campo, extramente profissional e trabalhador, boa precisão nos passes quando com tempo para pensar, bom jogo de pés e boa agilidade.

Pontos Fracos: Não tem estrutura fisica adequada para aguentar as pancadas da NFL, não tem um boa leitura do campo, qualidade e força do braço apenas medianas e precisa melhorar o repertório de jogadas além de provavelmente terá dificuldades com os complexos playbooks da NFL.

Carreira: Foi Stater durante os 3 últimos anos, tendo conseguido liderar Michigan State a 3 temporada vitoriosas após diversos anos. Foi eleito pro segundo time da Big Ten.

Draft: Se quisermos tê-lo em Miami, será no segundo round.

Nenhum comentário: