sábado, 11 de janeiro de 2014

Com quem renovar: Brent Grimes

Só tenho uma convicção: deixá-lo sair será a primeira burrada do ano...
O Miami é um dos times como menos atletas que possam ser classificados como All-Stars. A lisa é pequena e eu só me arriscaria a citar 4 que atualmente estão sob contrato: Cameron Wake, Brandon Fields, Mike Pouncey e Brent Grimes. Alguns podem tirar Pouncey da lista e incluir Mike Wallace, mas eu não faria isso. A certeza é que destes 5 nomes de possíveis jogadores de elite, apenas um será Free Agent em Março. E ele, caso saia, obviamente fará falta...

Alguém ai imagina o quanto decairia o nível de nossa secundária sem termos Brent Grimes? Pois ele é - de longe - o melhor Cornerback a jogar em nossa secundária desde a dupla formada por Patrick Surtain e Sam Madison. Ele elevou o nosso jogo a outro patamar. Com a ajuda adequada, o setor poderia se tornar facilmente em um dos 3 melhores da liga. Mas ele é Free Agent e isso é um problema. E dos grandes.

Eu acredito que o time deva fazer o que for necessário para mantê-lo. Mas o que isso representa em termos de valores? Em 2013 ele recebeu US$ 5,5 milhões. Irá ganhar mais do que isso em 2014, é claro, e duvido que vá aceitar um contrato por apenas uma temporada. Sendo assim vamos precisar oferecer um contrato de pelo menos duas temporadas. Um Cornerback nível All-Pro recebe ao menos US$ 7 milhões por temporada. Estando num time com espaço no Cap é fácil o Agente subir isso pra casa dos 8 milhões. Sendo assim, creio que o contrato deveria ser de 13 ou 14 milhões por duas temporadas deva resolver a parada. Com valores baseados em produção e prêmios, naturalmente.

A questão pertinente é: o time fará isso? Bom, como disse na legenda, isso seria a primeira burrada da temporada. Manter Grimes significa querer ser grande, querer vencer logo. Mesmo que eu ache que 2014 não será vitorioso, ele será mais legal com um All-Star na secundária...

Nenhum comentário: