domingo, 21 de dezembro de 2014

Tannehill está jogando bem. Está mesmo?

É uma pena, mas um deles voltará em 2015...
Quando trata-se de Ryan Tannehill existem aqueles que: acreditam, gostam, defendem, babam e bajulam. E existe Flávio Vieira. Por conta dessa divisão ( onde eu estive praticamente sozinho desde 2011, quando começou-se a ventilar o draft deste péssimo QB ), brigas e discussões aconteceram em profusão. E nem por isso, mesmo perdendo amizades, eu mudei de ideia. Mantive-me fiel a minha percepção inicial: aquele QB com apenas 17 partidas com Starter jamais seria um QB decente na NFL. O tempo deu-me razão. As outras pessoas hoje em dia tem até possuem um Blog, mas por lá para proibido falar mal dele. Deve pegar mal admitir que erraram. Paciência, cada um na sua...

Antes de provar irrefutavelmente que ele não está jogando bem, vamos a algumas coisas que foram ditas sobre Tannehill e que serviram de muletas para a sua péssima atuação desde que foi draftado:
  • Ele está aprendendo na marra, já que não tinha experiência suficiente na NCAA. Bom, isso é um pouco verdade, mas convenhamos: ele tem agora 46 partidas como Starter e nem assim rende como um QB escolhido do Top Ten de um draft. Quantas partidas mais ele vai precisar para isso?
  • Os Wide Receivers são fracos. Vá lá que seja uma meia verdade e isso só valeu para a primeira temporada. Contudo, depois da rookie season a qualidade do Receivers evoluiu consideravelmente. E nem assim ele consegue jogar bem;
  • A Linha Ofensiva é uma draga. Foi a desculpa do ano passado. Os defensores, bajuladores e cia diziam que com um OL a sua frente, ele teria uma terceira temporada espetacular. Sim, eu tive que ouvir isso. Claro que só ..... bom, só doidos poderiam dizer e, sobretudo, acreditar nisso. Além do mais, quando ele jogava bem ano passado a OL não era problema, mas só quando ele não jogava nada;
  • O Coordenador Ofensivo é o problema. Bom, parece que não era tão verdade assim. Afinal, trocou-se o Coordenador e ele... está na mesmice de antes.
Se você é um defensor, bajulador ou etc, não passe desta linha. Você não gostará nada do que eu vou escrever. Aliás, já não deve ter gostado até aqui. Adiante.

Comecemos pelo básico: Número de Touchdowns. Ano passado, com a OL inexistente, ele laçou 24 na temporada inteira, um número até interessante. Só que tem um dado: antes da semana 16 ele lançara para 23 e agora 22. E nas duas últimas partidas, com o time dependendo apenas de si para ir a post-season, ele lançou para apenas um. Ou seja, ano passado ele tinha mais TDs do que agora!!! Isso é coisa de quem está jogando melhor?

Falando em OL, ele levou 58 sacks no ano passado. E mesmo assim segundo seus defensores, ele iria melhor se tivesse uma OL a seu frente. Sim, a OL do ano passado foi terrível e ele sofreu 58 sacks. Este ano, até agora, ele sofreu 38 sacks, que são 20 a menos, mas que nem assim é um grande número, é verdade. Mas ele foi melhor protegido, sem dúvida. E cadê a melhora? Para que ele pudesse ter melhorado, agora ele teria que ter uns 30 TDs, mas tem apenas 22. Alguém ai realmente acredita que ele consiga lançara 8 TDs em 2 partidas? Duvido que ate o mais ferrenho defensor dele ouse pensar nisso...

Menos TDs mesmo mais protegido. Isso já deveria ser o suficiente para convencer a todos de que ele não está jogando melhor. Mas existem outras informações: ele tem um novo Coordenador de Ataque, Bill Lazor. Não que ele seja um gênio, mas ele rapidamente percebeu duas coisas: não tinha como perder tempo ( ou perderia logo o emprego ) e não tinha um QB capaz de fazer a deep ball funcionar. Logo após a terceira partida, simplesmente sumiram os passes para mais de 20 jardas do playbook. Porque Lazor fez isso? Simples: Tannehill é um dos 5 piores QBs da Liga em passes longos. E dessa grave deficiência derivavam as interceptações em profusão. Em um determinado momento de 2013, Tannehill tinha errado 30 passes longos, com diversos deles tendo sido undrethrows ( curtos demais, atrás do recebedor ) ou overthrows ( além do recebedor ). Lazor simplesmente viu que isso não daria certo e mudou o playbook. Com isso, Tannehill passou a ter uma maior quantidade de passes acertados. Passou mesmo?

Vejamos alguns dados: em 2013 ele tentou 588 passes, tendo acertado 355 deles, agora em 2014 ele tentou 504 e acertou 334 ( 60,5% contra 66,3% ). Bom, inicialmente olhemos para o mais óbvio: ele acertou mais passes dentre os que tentou. Mas tentou bem menos. Mesmo faltando 2 partidas, tem uma diferença nada desprezível de 84 passes ai na conta. Nas últimas 3 partidas ele tentou, respectivamente 33, 35 e 47 ( média de 38 ). A menos que ele mantenha a média da partida contra o Pats, ele terá lançado menos passes do que no ano passado. E sem a bola longa, ele acertou mais passes, é fato, mas qual o ganho real disso? A média de ganho por jardas é a mesma do ano passado!!! Além disso, mantida a média atual, ele vai ter menos jardas do que no ano passado e isso porque conseguiu 346 contra o Patriots, sendo que nas duas anteriores foram 235 e 227 respectivamente. Se ele lançar 500 jardas ( o mais provável ), ele ficará 3.890 jardas ante as 3913 do ano passado. Realmente, uma excelente melhora!!!

Tem o Rating. Sim, este número é importante e ele tem o melhor da sua carreira até agora. Mas eu acho que a explicação para o Rating melhor foi dado acima: cortou-se a bola longa e ele passou a dar trocentos passes de 4 jardas, que não rendem quase nada. Além disso, ano passado nesta mesmo época ele tinha 14 interceptações. Agora 11. Não é uma melhora assim tão expressiva, não é mesmo? Mas é, até aqui, a única coisa que o ajuda nos números. Por falar em turnovers, ele teve 9 fumbles em 2012 e 2013. Sabem quantos eles tem agora? 8. E faltam duas partidas para ele igualar ou até superar a marca.

Menos jardas, menos TDs, menos vitórias... é, tem isso ainda. Ano passado nesta época o time tinha 8 vitórias, agora tem 7. Com uma OL melhor, com jogo corrido mais eficiente ( Miller tem 120 jardas e 4 TDs a mais do que no ano passado ), com um novo Coordenador Ofensivo, com um WR emergente ( Landry virou uma grata surpresa e já tem 675 jardas e 5 TDs ), com tudo a favor o nosso QB está pior do que em 2013. Qual é a explicação?

Eu poderia ficar especulando o dia inteiro, mas eu vou direto ao ponto: o problema é ele. Tudo conspira a seu favor, mas ele simplesmente não está a altura. E não venham culpar a defesa, porque este ataque fez 13 pontos no Ravens, 10 no Bills, 16 no Lions ( que na semana seguinte tomaram 40 dos Pats )... mas eu sei que muitos ainda assim, mesmo diante das provas postadas acima, irão crucificar-me. Mas eu nem ligo. Ficarei com os dados, com a verdade e com a dura realidade: perdemos 3 ( ou 4, pois duvido que risquem ele do mapa no ano que vem ) anos por causa deste péssimo QB.

Por fim, que tal lembrar que ele é único QB daquela turma ( tirando Cousins e Weeden ) a não ter levado seu time a post-season? Que dois QBs de terceiro rouns, Russell Wilson e Nick Foles, são melhores que ele? Que até mesmo RGIII com só uma temporada, tem mais feitos do que ele?

Enfim, a culpa é de todo mundo. Menos dele... #prontofalei

26 comentários:

Fabiano Aleixo disse...

cara, eu gosto do teu log, mas tu fala demais do tannehill! ele não é o quarterback dos nossos sonhos, mas das opções disponíveis ele é o melhor!!! ou tu vê algum quarterback melhor que ele para draftarmos em 2015???

Marcel Costa disse...

Li tudo e sei que você não gosta dele, mas hoje ele foi um monstro! E como eu disse, respeito sua opinião, até porque vejo que entende mais do que eu, mesmo assistindo NFL desde os anos 80 quando criança morando em Ohio (comecei a torcer pelo Miami de Dan Marino), mas eu acho o Tanehill bom. Gosto do cara! Feliz Natal e sucesso no blog! Ano que vem finalmente voltaremos pro playoff, acredite!

RFIALHO disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk post bizarro...

Maurício disse...

Nossa não sei como tem gente que ainda defende o Tannehill. Um cara que não consegue lançar bolas longas e ainda é interceptado nas bolas curtas. Um qb que quase não jogou nessa posiçao no college. Na minha opiniao o time do Miami é um bom time, e os considero até melhor que o colts, porem enquato o colts tem o brilhante andrew luck que eleva o nivel do time a um dos melhores, nós temos ryan tannehill que faz 1 jogo bom em 5. Esse cara esta sendo um atraso pro Miami. Estou inconformado com defesas a esse qb lixo, em que muitas vezes tive que torcer pra defesa pontuar porque ele simplesmente não consegue fazer o time funcionar. Concordo plenamente com o dono do blog e acho que quem gosta desse lixo é acomodado. Pra quem teve dan marino e bob griese, ter tannehill como qb me envergonha e não condiz com a grandeza do miami. Espero profundamente quw contratem um qb essa temporada ou draftem alguem, estou cansado do time não conseguir ir pra frente por causa dele.

Maurício disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Paulo disse...

Flavio vc não entende de NFL, vc não entende de números que cercam a NFL. vc comparou o Tannehill com ele mesmo, mas não comparou com outros QBs, não comparou com as médias dos Bons QBs...

Eu detesto ele, e não queria no meu time, mas vc fantasia um mundo só pra provar que vc está certo, seu egocentrismo é feio nos seus textos...

ele vem jogando bem sim, e melhorando...

Flávio Vieira disse...

Bom, vamos às respostas ao posts publicados ( vários foram excluídos por representarem a idade mental de quem postou - e isso é o menos ofensivo que posso dizer ).

Fabiano Aleixo: Bom, o QB é ( ou deve ser ), o astro do time. Não por outro motivo são os que mais ganham na NFL. Deve ter algum motivo para que Brees, Brady, Manning, Rodgers e cia sejam os donos dos maiores salários... portanto, é natural que eu fale muito do QB, ainda mais quando o nosso não presta. Para mim não vem ao caso se tivesse outro melhor para escolher ou não... isso não torna Tannehill melhor. FATO. E grato pela atenção e educação na postagem.

Marcel Costa: obrigado pela distinção. Agradeço, como já fizera antes. Ponto. O Post foi feito antes da partida. Portanto, eu corri um risco de acontecer o que aconteceu. É da vida. Mas eu não mudo nada no escrevi.

RFIALHO: Post Bizarro? Porque você lê ainda assim?

Maurício: Existem muitos que não apenas gostam, como defendem e - pior ainda - brigam com quem ousa ser contra. Essa vitória de ontem vai apenas atrasar ainda mais a melhora do Miami.

Luiz Paulo: eu queria entender seu ponto, porque se comparamos ele com quem presta é errado. Se comparamos com ele mesmo é errado. Ai ficou complicado... é pra comparar ou não? E eu nunca disse que era um expert em FA. Procure um post sobre isso. Só que eu sei o bastante para saber que Ryan Tannehill não serve!!! E não, ele não vem jogando bem. Provei isso de forma bem claro no texto. E não vai ser a ótima atuação de ontem que prova o contrário.

Luiz Paulo disse...

Flávio, vc bebeu? onde eu disse que não se pode comparar ele com outros??

Outra coisa, olhe a média de jardas por temporada, e olhe a média de Tds dos Bons QBs da NFL.

Quer mais números interessantes pra quebrar sua tese?? Olhe os Números de Joe Flacco e de BIg Ben nas temporadas em que seus times foram campeões pela ultima vez.

Quer que ele seja como ARod, Manning, Brady?? isso é quase impossível!

Outra das suas teorias malucas, que um QB escolhido no 7º pick tem que ser melhor, volte na historia e veja QUANTOS QBs escolhidos nas primeiras picks deram errado e quantos deram certo, veja a proporção. Escolhas de Draft não são uma ciência exata.

Vc e eu somos da época de Dan Marino e é passível de entender (até pq tbm é meu sonho) que vc quer um QB desse nível, mas isso é raridade.

Sua sede por estar certo que o Tannehill é um Merda é tanta que vc simplesmente distorce os fatos, ou os apresenta de uma forma negativa, é o famoso "ver o copo meio vazio"

Ele não é Elite(Talvez venha até ser, vide BRESS) mas ele é muiiiiiiiiiiiiiiiiito melhor do que vc descreve.

aceite isso!!

Flávio Vieira disse...

Luiz Paulo: não bebo a meses. Estava bem sóbrio quando respondi a vc.

Além disso, acontece que quando se compara ele com os outros, a pessoa diz é injusto. eu fui quase no automático nessa...

tem que comparar com os outros, mas neste texto eu resolvi comparar com ele mesmo...

em 3 anos ele não vai a post-season. Onde Wilson e Luck sempre foram. E RGIII foi na primeira temporada... as outras não contam... até Nick Foles já esteve lá...

mantenho o que disse. Ele não serve. Mas se vc pensa o contrário, é um direito seu.

Abdul Jaba disse...

Sou um leitor frequente do Blog e não brigo pela tua opinião ou forma como ela foi feita, ponto. Sou absolutamente contrário ao atual QB bem como a manutenção do atual treinador, será em 2016 que iremos a Post Season, pois não vejo qualidade no ataque a começar pelo INCONSTANTE QB que temos. Se for pra ficar na mesma, tragam o Tebow, ao menos ele vai dar um gás no time e não se conformar com derrotas. De resto, parabéns pela postagem!

Luiz Paulo disse...

Desculpa Flávio, mas rebater seus pífios argumentos já ta virando até esporte...

1º Com o Luck não há comparação, ele é futuro Hall of Famer, ele se enquadra naqueles nomes fora de serie que aparece raramente (aqui o dolphins fez cagada, deveria ter ido pro suck for luck e feito 0-16)

Mas vamos lá, vamos ao Wilson, RGIII, Weeden(não esse não precisa). e mais alguns QBs que "levam" seus times aos playoffs.

Wilson na temporada de campeão do Super Bowl:
3357 jardas, 26 tds e 9 ints...
ESSE ano que ele VAI aos playoffs
3236 jardas, 20 Tds e 6 Ints

Não vejo números TÃO SUPERIORES aos do Tannehill...

Vamos ao RGIII(como vc disse só vale a temporada de estreia dele)
3200 jardas, 20 Tds 5 Ints... vc pode falar que ele teve 7 Tds correndo, mas eu falo que ele tbm teve 9 fumbles... e uma lesão no joelho que pode ter acabado com a carreira dele...

Foles, teve uma temporada fora da curva, excelente, em 13 jogos teve
2891 jardas, 27 Tds e 2 Ints. OK otimo.
Mas e ai, essa temporada nos 8 jogos que jogou teve 13 Tds e 10 ints.. Rate caiu de 119 pra 81,4.
Não vejo evolução e nem constância.

Já o Tannehill é o único que vem evoluindo em relação aos demais...

Se ainda tiver mais argumentos, poderei rebater todos, agora se seu argumento for, "eu não gosto dele e não abro mão da minha opinião" ai não existe argumento que vá contra...

PS: Stats do Big Ben no ano do ultimo Superbowl, 3301 jardas, 17 tds e 16 ints.
Joe Flacco, Campeão e MVP de SuperBowl, nunca lançou pra mais de 25 Tds em uma temporada(pode conseguir esse ano)
Por que esses são bons, e o Tanne não? qual a diferença? Por que eles podem e ele não?

Flávio Vieira disse...

vc acabou de provar que não pode comparar com os outros e nem com ele mesmo... Tannehill o incomparável.

mas vamos lá: uma coisa une Luck, RGIII e Wilson. Sabe o que é? eles mudaram o nível de seus times. Tannehill não.

O time era patamar 8-8 antes da chegada dele. E o é 3 anos depois. Não por outra razão, se vencermos domingo, o time fará 24-24 nas três temporadas...

Flávio Vieira disse...

sobre Flacco e Big Ben compare o números de vitórias dos dois nas duas 3 primeiras temporadas.

Flávio Vieira disse...

e sim, eu não gosto de Tannehill. isso eu nem escondo. Ele é péssimo, inconstante, impreciso em passes longos, não consegue jogar 3 partidas boas e etc...

demorou 3 temporadas para conseguir lançar um jogo com 4 Tds e quase 400 jardas... levou duas e meia para lançar 3 TDs...

segue lançando Interceptações dignas de rookie, como foi a de domingo. Continua tomando péssimas decisões, segue não sabendo ler as defesas como deveria.

tudo é culpa dos outros, nunca dele. mas quando ele faz uma ótima partida como domingo, ai ele é o cara.

e o time se fudendo.

Luiz Paulo disse...

Vamos por pontos dnovo...

Os 3 citados mudaram os níveis de seus times, mas tem números piores ou iguais aos do Tannehill, COMO ISSO É POSSÍVEL??

Números de Big Ben, Tannehill e Flacco nas 3 primeiras temporadas
Big Ben - 8519 jardas, 52Tds, 43Ints
Flacco - 10206 jardas, 60Tds, 34 Ints
Tannehill - 10993 jardas, 62Tds, 42 Ints

Você se apega a vitórias e coloca todas na conta do Tannehill, mas vitorias são méritos dos times, não só do QB.

Existe uma máxima no FA, "Ataques Ganham jogos e defesas Campeonatos"

E obrigado por me fazer olhar melhor pro Tannehill, depois de tantos números e tantas pesquisas vejo que ele é um QB confiável sim...

Fernando Gori disse...

kkk... vida de QB é pior q de goleiro.

Manning lançou 4 INT ontem, 2 retornadas pra TD. A 3ª foi bizarra, num passe curto, perto da sua endzone. Virou TD mole, mole. Acho q nem o RT rookie lançou uma daquelas.

De qq forma, essa discussão só vai ter fim depois de umas 6 temporadas, qdo o RT chegar (ou não) ao seu limite.

Flávio Vieira disse...

quando eu falei que mudaram o nível das franquias eu me referia a Luck e Wilson... basta pegar os dados dos times no ano anterior ao draft dos jogadores. simples assim...

Flacco e Big Ben caíram em times fortes, fica mais fácil. Mas note-se que eu não os considero de elite, mas eles são melhores do que Tannehill.

Se vc acha ele confiável, é um direito seu... mas um QB que tem tudo feito para melhorar o seu desempenho teria a obrigação de ter levado este time a post-season. E não fez. Nem fará. Ano que vem será outro 8-8.

Se para vc Luiz Paulo, isso é bom/excelente, para mim não é...

3 anos sem post-season com um QB que dizem que seria a solução dos problemas não chega nem perto do que eu quero pro meu time. eu quero post-season, quero ver o time vencendo times vencedores, não sendo surrados por eles...

Luiz Paulo disse...

Luck Sem dúvida, é outro Nível de QB.

Wilson, não mudou a cara da Franquia, LEGION OF BOOM mudou a cara da franquia, ano passado, que foram campeões, Tannehill foi melhor que ele, NÃO TEM COMO DISCUTIR ISSO, SÃO NÚMEROS, MATEMÁTICA, não fui eu nem você que inventou a matemática.

Big Ben ganhou 2 superbowls e Flacco ganhou 1. Se eles ganharam, com um bom time, Tannehill tbm pode ganhar, joga no mesmo nível.

Você quer um QB do nivel de Rodgers, Manning, BRady ou Bress, OK eu entendo e eu também queria. Mas dai a falar que o Tannehill é pésimo?? Não é, pelos numeros e pelos jogos ele é TOP 10, e se num esporte onde só existem 32 times, vc tem um QB top 10, me desculpe mas você está ERRADO ao afirmar que o QB é o problema...

Flávio, aceite uma coisa, VOCÊ ESTÁ ERRADO EM RELAÇÃO AO TANNEHILL.

até pq se vc está certo, 90% dos comentaristas da NFL(que tem zilhões de anos de experiência) estão errados...

Pra não ficar feio, escreva que vc não gosta do cara, ai é sua opinião, mas falar que ele é ruim, etc etc etc... não corresponde com a realidade...

Flávio Vieira disse...

Tannehill Top Ten? eu ri com essa... Tannehill teria problemas para entrar na lista dos 15 melhores. existem, ao menos 12 QBs melhores do que ele. AO menos.

o máximo que ele consegue ser é o melhor QB da divisão. Já que Brady não conta, como diria Pepe em relação ao Pelé...

BB e Flacco venceram em times fortes, mas sendo decisivos, não sendo carregados. Flacco fez 11-0 em post-season, BB meteu 3 TDs em um SB. Vc vê Tannehill fazendo isso?

Pegue o ataque do Seahawks antes e depois de Wilson. Compare e veja se não houve uma mudança crucial...

Flávio Vieira disse...

e eu realmente acredito que ele é péssimo e um problema.

não consegue acertar passes longos e contra grandes equipes ele some. Exceção feita à partida contra o Broncos.

aliás, qual equipe de playoff o time venceu fora o Chargers?

a sim, vc vai citar o Pats, mas eu vou e lhe digo: aquela partida de Setembro foi um ACASO. Tanto é que o verdadeiro Miami apareceu em Dezembro em Foxborough

Luiz Paulo disse...

Flávio, sua teimosia tem nome..

BURRICE...

SIM DIGO COM TODAS AS LETRAS...

vc é burro...

10 em cada 10 comentaristas com ANOS E ANOS de experiencia, falam que Tannehill é jogador de alto nível.

os números QUE VC NÃO CONSEGUE REBATER POIS NÃO EXISTEM ARGUMENTOS PARA O TAL. dizem que ele é jogador de alto nível.

Outro EXTREMAMENTE FRACO argumento seu "olhe o ataque do Seahawks antes e depois do Wilson". Rebato com OLHE A PORRA DO ATAQUE RIDÍCULO DOS DOLHINS ANTES E DEPOIS DO TANNEHILL.

E vc insiste em colocar as vitorias na conta do time e as derrotas na conta do QB.

Como eu disse, não tem mais nome, é burrice.

VC NÃO TEM ARGUMENTOS VÁLIDOS, BATI TODOS SEUS ARGUMENTOS.

Continue tentando... vai um dia vc convence mais alguem alem de vc mesmo...

Flávio Vieira disse...

Burrice... bom, se for esse o nome que eu tenha que carregar para não acreditar em quem não merece minha confiança, então eu sou "burro".

Não me importo nem um pouco de estar sozinho, estou até acostumado... a maioria dos meus amigos aqui em Salgueiro votaram em Dilma... fiquei quase sozinho votando em Aécio.

O ataque melhorou? Mesmo? Vejamos só uma aqui: o time fez 7-9 em duas temporadas ( 2009 e 2010 ) e 6-10 ( 2011 ) antes da chegada de Tannehill... com ele, foram duas temporadas de 8-8 ( 2014 e 2013 ) e uma de 7-9, a primeira em 2012. Se o ataque tivesse melhorado como vc - sem BASE ALGUMA - insiste dizer, o time deveria ter vencido mais partidas...

a questão é uma só: Tannehill consegue um brilhareco em 2 partidas por temporada, mas no geral compromete em jogos decisivos ( Packers e Lions ).

Vcs veem o que desejam ver, não a realidade. E não serei eu a cair nessa para arrumar leitores.

O Blog é um Hobbie... e releia os comentários até aqui e veja se realmente eu estou sozinho quanto a criticar Tannehill...

aliás, eu lhe garanto hoje: a temporada que vem já começou hoje...

Luiz Paulo disse...

Pois pra mim ta virando um hobbie rebater seus argumentos fajutos, vc fala sem ver os números?? pq eu vou conferir o que vc alega aqui e SEMPRE vc ta errado.
Vamos comparar então as temporadas de 2009-2011 e 2012-2014, ps: não falo SEM BASE nenhuma, falo baseado nos números do site da NFL.

pass
2009 3396
2010 3755
2011 3425
média 3525

2012 3425
2013 3966
2014 4066
média 3819

Tds
2009 15
2010 17
2011 20
média 17

2012 13
2013 24
2014 27
média 21

Ints
2009 19
2010 21
2011 13
média 18

2012 13
2013 17
2014 12
média 14

Ta muito claro a evolução do Tannehill nesses 3 anos, ele ta longe de ser o problema, não é o QB que eu queria, mas ele é o que temos, e ele da conta do recado, se tiver um time forte com ele!!

ainda tem algum "argumento"?? Se quiser tenho umas estatísticas da defesa... acho que vai gostar(ou não) de ver a realidade dos últimos 6 anos...

Jardas cedidas
2009 5589
2010 4949
2011 5522
média 5353

2012 5708
2013 5750
2014 5494
média 5651

ops...

Flávio Vieira disse...

ops o que cara pálida? Seu argumento da defesa mostra que a defesa melhorou... foram 250 jardas tomadas a menos.

e outra: a defesa depende demais do ataque para ter alto rendimento. como o nosso ataque é um dos que mais cometem 3 and out, é natural que a defesa fique mais tempo em campo e por tabela ceda mais jardas...

e eu vou e lhe pergunto: o que essa suposta melhora de Tannehill - QUE NÃO EXISTE - rende pro time?

23-25 em 3 anos com ele.

20-28 em 3 anos sem ele.

3 vitórias a mais é um feito e tanto!!!

Luiz Paulo disse...

Flávio isso só prova que vc só enxerga as estatísticas que lhe convém pra provar o seu ponto de vista fajuto.

Diferente de vc eu vejo como um todo e PESQUISO. Vc não o fez e vai tomar outra na cara... pq como eu disse tenho mais estatísticas da defesa.

Vc quer comparar então o ano de 2013 com 2014?? que tal a gente ver outros numeros dessa defesa que "melhorou"

TDs contra/Sacks/Int/TDs a favor
2012 32 42 10 0
2013 33 42 18 2
2014 42 39 14 2

Vamos a outro assunto então, A defesa joga melhor descansada e quanto o ataque fica muito tempo em campo. CONCORDO PLENAMENTE.

Porém, quando o time é bom, quando a defesa é boa, isso não faz diferença. vejamos pela defesa do Stellers de 2008.

Cederam 3795 jardas, 21 Tds, tiveram 51 sacks, fizeram 20 ints.

ai vc vai me falar que o ataque jogou bem esse ano?? Vamos ver os números desse ataque então...

3607 jardas aéreas, 1685 jardas terrestres, 19 tds e 15 ints e 16 Tds terrestres.

E sobre a melhora do TANNEHILL que não existe, como vc explica o maior numero de jardas, maior numero de tds, maior numero de passes certos e melhor rating??

se ele não melhorou como melhorou tudo?

Flávio Vieira disse...

vc postou o número amigo, eu só comentei em cima do que vc postou. A defesa perdeu o fio em algum momento entre a semana 12 e a 13, isso é fato.

Já o ataque - que nunca esteve entre os melhores da temporada, exceto no jogo corrido - foi pífio em diversas partidas... ou vc esquece que o ataque só conseguiu marcar um TD contra o Lions? E mesmo assim porque os especialistas bloquearam um FG e o retornaram até a marca de 3 jds? Vc esquece disso? Ou da supermegahiper atuação de Tannehill contra o Bills, na derrota de 29 a 10. A 10!!!

vc quer me provar algo que eu jamais irei aceitar porque não existe.

simples assim. essa discussão parece aquela do time que normalmente toma de 3 do rival e passa a tomar de 2, e ai um fica dizendo que melhorou e outro que não, mas o fato é que o time segue PERDENDO.