segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Week 7 - Dolphins 28 x Bills 25: Jay Ajayi para Presidente!!!

Antes de falar da partida ontem no Hard Rock Stadium, um momento para celebrarmos que pela 44ª temporada consecutiva, seguiremos sendo o único time a conquistar a temporada da NFL sem derrotas. Celebremos:

Ontem foi dia de estourar champanhe no Sul Flórida
Sobre o jogo em si, um dado: antes de ontem apenas 3 RBs tinham conseguido duas partidas seguidas com 200 ou mais jardas. Os jogadores eram OJ Simpson, Earl Campbell e Ricky Williams ( conseguiu isso com nossa camisa, em 2002 ). É neste seletíssimo grupo que se inseriu Jay Ajayi, com outra soberba atuação. Portanto, celebremos também...

E ele ainda se machucou durante o quarto final da partida...
Falando sobre o jogo em si, posso dizer que... como é bom bater no Bills e ver o Rex Ryan com raiva, jogando objetos no chão e perdendo para nós. Eu só não odeio mais ele do que odeio o Belichik. Mas é por pouco... mas voltando a partida, é de fato temos problemas sérios ainda para serem resolvidos, caso realmente desejemos voltar a elite da NFL. Primeiro é que não podemos deixar com o adversário consiga grandes vantagens dentro de nosso estádio, porque obviamente não será todo dia que conseguiremos virar o jogo. Segundo é que uma vez na liderança precisamos mantê-la sem grandes sustos. Por fim consertar o time de especialistas, que anda errando além da conta.

Mas o dia de ontem, mais uma vez, foi de Jay Ajayi. Eu fiquei meio cabrero com a espantosa atuação dele na semana passada, mas como ele conseguiu repeti-la ai não dá mais para apostar no acaso. Afinal conseguir duas partidas de mais de 200 jardas já é uma façanha que só outros 3 RBs tinham conseguido ( ele é o segundo do Dolphins nesta lista ) e obter 7,6 jardas por carregada é algo assombroso. As duas vitórias tem muito do peso ( ou das carregadas ) dele, isso é inegável. Mas aqui é preciso mencionar, mais uma vez, um nome que poucos falam mas foi crucial: Mike Pouncey, o nosso Center. Acreditem, não é mera coincidência essas atuações espetaculares de Ajayi e a volta de contusão de Pouncey. E um dado extra: a defesa do Bills era - atenção - uma das melhores contra o jogo corrido. Eles terão pesadelos com Ajayi com certeza.

Nossa defesa foi bem até a segunda página. Foi frágil no começo e no fim da partida, fruto da falta de qualidade no começo e da falta de profundidade no final. Nem ficou tanto tempo assim em campo, mas sem peças para repor e sem qualidade ( não tem nem entre os titulares ) fica complicado. Mas parece que o nosso Coordenador Defensivo vai conseguindo melhorar o setor. Parece, pois é cedo para dizer isso.

No ataque, fora Ajayi, um avanço importante: as faltas. Deixamos de fazer faltas toscas no ataque, apenas aquelas necessárias, vide Holding para proteger Tannehill de um Sack devastador. Bom sinal. Outro bom sinal é que o Playbook outra vez teve mudanças para dificultar os adversários. Isso fez com Tannehill não fosse interceptado, mas como ele insiste em segurar a bola demais ( por não ter um release rápido ), ainda toma pressão e pancadas pós-passes. Conseguiu - acho que pela primeira vez na carreira - duas partidas sem interceptações. Aqui também tem papel crucial Mike Pouncey, porque ele é o cara. Suas duas atuações contra Pittsburgh e Buffalo são dignas de Pro-Bowl.

No mais, vencer é o que se espera de um time como Miami. Claro que com 3-4 ficaremos longe do Top 3 - onde poderíamos pegar alguém que pudesse mudar os rumos da franquia - mas fazer o que. Só espero que não fiquem achando que este Tannehill destas duas partidas seja o "messias", porque ele não é. Outro com mais qualidade teria destruídos os adversários. E não será todo dia que Ajayi vai correr para 200 jardas e a defesa segurar os ataques. Nestes dias, precisamos de um QB... e todos sabem que não temos. Não estou criticando a atuação dele, porque não fez por merecer, apenas sendo realista.

Outra coisa: temos chances de post-season? A resposta, por enquanto, é não. Contudo, algumas divisões estão bem parelhas ( na AFC, todas para ser bem sincero ) e pode ser que role uma vaga na Conferência por 9-7. Mas para isso, o time teria que vencer mais seis partidas em nove. Dá? Sim e não. Se jogar como ontem, mas melhorando na defesa e um pouco no ataque sim. Por enquanto, contudo, isso está mais para o campo dos sonhos do que de uma possibilidade distantes. Mas vai que varremos Bills e Jets ( o que já seriam 3 das 6 vitórias )?

Mas a melhor imagem eu deixei para o fim:

Chupa Rex Ryan!!!
 Não poderia jamais fazer um post sobre vitória sobre o time dele e não dizer isso.

Nenhum comentário: