domingo, 20 de novembro de 2016

Week 11: Dolphins at Rams - Ao infinito e além... será?

Teremos mais uma tarde de festa?
O Coliseu de Los Angeles foi o palco de duas Olimpíadas ( 32 e 84 ), mas para nós torcedores do Miami Dolphins ele foi o palco que consagrou o time de 72, ao bater por 14x7 o Redskins e tornar-se o único time a ser campeão sem derrotas. Voltaremos a este templo hoje em busca não de uma glória como aquela - que creio jamais será repetida - mas por uma redenção. Vencer o Rams - que estreiam o QB Jared Goff - será mais uma etapa superada no caminho de voltar a post-season, depois de 8 anos. Dolorosos oito anos. 

O time adversário tem uma defesa forte, mas Jets e Steelers também tinham. O ataque é fraco, mas nem por isso deve ser desrespeitado. Jogar na intensidade das partidas anteriores, com o mínimo possível de erros e capitalizando os dos rivais. Parece fácil, mas não é. Vencer nos deixará com 6-4 pela primeira em uma temporada a essa altura desde 2014 e antes disso em 2003. O que gera outro fato a ser quebrado, porque nas duas temporadas o time ficou de fora da post-season. Mas mesmo que isso se repita, como disse antes, o sentimento agora será outro do dessas duas temporadas citadas. Em 2003 ficamos empatados com Jets e Pats e o corte de uma vaga no Wild Card naquele ano nos vitimou. E em 2014... bom, todos lembram-se ainda da implosão daquela equipe quando faltando seis partidas venceram apenas 2 para ficar com um insosso 8-8.

O time precisa usar da confiança alta das 4 vitórias seguidas para seguir rumo a uma - improvável - post-season. Se vamos conseguir ou não - e venho insistido neste ponto - é outro papo, mas que uma vitória hoje deixará tudo mais próximo, não temos como negar. E o adversário é acessível, mas precisamos jogar perto do máximo. 

Nenhum comentário: