sábado, 13 de fevereiro de 2016

Como economizar grana na Defesa?

A defesa pode ser a soluçao para os problemas de Cap?

Para o Dolphins obter mais Salary Cap o segredo pode estar na defesa, onde alguns jogadores que têm números elevados no cap. Vamos dar uma olhada em possíveis movimentos do Miami que podem resultado em um alívio no Cap:

Brent Grimes - Este é um tema complicado, porque enquanto Grimes piorou ao longo do ano passado, o fato é que ele ainda pode jogar em alto nível. O único problema? Ele tem uma mulher que não tem medo de usar sua boca. Será que o novo treinador Adam Gase saberá ( ou vai querer ) lidar com esta bomba-relógio chamada Miko Grimes? É bom afirmar que Grimes ainda pode jogar bem na NFL, mas agora como um segundo CB. Sendo, possivelmente o tutor de um novato.

O espaço que Grimes ocupa no Cap é de 9,5 milhões. Sendo assim só resta um caminho: re-estruturação. Mas Grimes tem o poder de recusar e exigir que o contrato seja cumprido ou que o cortemos. Neste caso, ele recebe 3 milhões e o time consegue livrar os 6,5 milhões restantes. Eles vão pedir-lhe para re-estrutura e se ele se recusar, ele será liberado. 

Recomendação: Siga em frente Grimes e obrigado por tudo. Problemas extra campo e seu desempenho em decadência não valem 10 milhões. Se ele aceitar uma re-estruturação, pode até ser. Mas eu não aceitaria se fosse ele.

Koa Misi - Ele é um jogador sólido, mas que nunca chegou ao seu total potencial, devido a diversas contusões que sofreu ( menos na temporada de rookie ). . Ele é uma grande pessoa dentro e fora do campo e é alguém que você não costuma deixar ir embora, mas com um novo treinador seu tempo pode continuar em Miami. O espaço dele no Cap é de 4,88 milhões, sendo que se ele for cortado o time fica com 1,16 milhões de dinheiro morto e com um ganho de 3,72 milhões para contratar outros jogadores.

Recomendação: Misi é sólido o bastante para que as economias não seja vantagens suficientes para que o time o corte, sobretudo porque não se consegue facilmente alguém que possa atuar em todas as posições do setor. Como mencionado, ele pode jogar em qualquer posição linebacker. Manteria ele, mesmo que isso não representasse liberação de Cap.

Cameron Wake - Um cara que nunca teve muitas lesões em sua carreira NFL, foi um golpe devastador para ele e para o resto da defesa este ano. No entanto, Wake é um lutador e estará de volta. Não há dúvida em minha mente que ele pode voltar para o alto nível de jogo que ele estava exibindo antes da lesão. Na NFL de hoje, você simplesmente não pode abrir mão de talentos, especialmente se essa pessoa é um cidadão modelo dentro e fora do campo. 
Salário de Wake é de 9,8 milhões. Com um corte ficaríamos com $ 1,4 milhões dinheiro morto, mas com uma poupança 8,4 milhões. Um valor na desprezível.

Recomendação: Ofereça rápido uma proposta de re-estruturação de contrato e ele vai aceitar. Coordenador de defesa Vance Joseph quer construir a sua defesa em torno pass rushers e cornerbacks. E não existe pessoa mais indicado para isso do que Cameron Wake para implantar tal filosofia.

Quinton Coples - Ele foi trazido para Miami na lista de dispensados e participou de seis jogos e nem apareceu na folha de estatísticas. Para sua defesa, é quase impossível aprender um novo sistema no final da temporada, por isso não havia muitas oportunidades que ele poderia ter sido bem sucedido. Por alguma razão, ele nunca jogou bem o suficiente que justificasse a posiçao onde foi escolhido ( lembra alguém? ). 
Ele ocupa 7.7 milhões. Um corte nos permitiria livrar toda essa grana e sem ficar com nada de dinheiro morto.

Recomendação: Precisa mesmo dizer o que é para ser feito? Corta amigo... no Draft consegue melhor do que ele no sexto round.

Earl Mitchell - Um Defensive Tackle que tem feito bem o seu trabalho, não é uma brastemp, mas não tem comprometido. Contudo... precisamos mesmo dele? No Cap seu salário ocupa 3,5
 milhões de dólares. Se ele for cortado 1 milhão seria a pena, com um alívio de 2,5 milhões.

Recomendação: Com Jordan Phillips entrando em seu segundo ano, o time deve procurar outro lugar para preencher Cap. O valor que livraríamos com um corte é pouco, mas quando nao se tem Cap, 500mil é muita grana. Portanto, corte pra ontem...

Ndamukong Suh
Calma. A chance de um corte ou uma trade é ZERO. O time ficaria inviável por 3 anos só com o Dead Money que isso geraria. Contudo, algo pode ser feito: uma re-estruturação. Mas até que ponto fazer isso seria uma boa mesmo? Tal como está agora, podemos cortá-lo como um negócio pós-01 de junho em 2018, com apenas 5,1 milhões de dinheiro morto e uma poupança de 17 milhões. Re-estruturação tornaria impossível para cortá-lo pelo menos 
até 
2019 ou 2020.

Total de Poupança

Se os Miami fizer os movimentos recomendados, a economia poderia ser de 16,25 milhões cortando Grimes, Coples e Mitchell. Isso sem contar com uma provável re-estruturaçao do contrato de Wake. Com o corte dos três, só trazem 4 milhões de dinheiro morto, o que é uma poupança líquida de 12,25 milhões. Com o que vier do contrato de Wake e o time poderia ter dinheiro suficiente para aplicar a Tag ( 15 milhões ) sobre Olivier Vernon.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Calendário dos próximos 30 dias na NFL

Ele é um dos que correm o risco de nos deixar...
Passado o Super Bowl, todas as franquias voltassem para o trabalho básico de pensar seus elencos para 2016 ( equipes vitoriosas estão pensando em até 4 anos à frente ). É hora de analisar o Cap disponível ( isso quem tiver sobrando ) e ver quem permanecerá com a equipe e quem será deixado seguir o caminho em outra franquia.

Abaixo o que vem por ai nos próximos 30 dias:
  • 16 de Fevereiro - Começa o período para que o times coloquem Tags um dos seus agentes livres.
  • 23-29 Fevereiro - NFL Combine, em Indianapolis. Hora de analisar os rookies em treinos específicos. 
  • 1 de Março - Fim do prazo para que os times designem em quem usarão a Tag.
  • 07/09 Março - Times podem negociar, mas não assinar, com jogadores que seja agentes livre irrestritos ( UFA ), contudo eles não podem visitar dependências 
    e nem ter qualquer contato com funcionários 
    dos times . Tudo fica entre o Front Office e os Agentes.
  • 09 de março - 
    Primeiro dia do ano liga 2016. A regra Top 51 entra em vigor ( o salary cap contado será apenas dos maiores 51 contratos do time, contando tudo o que esteja sob contrato ). Todas as equipes PRECISAM estar dentro do Cap às 16:00 ( fuso horário de Washington-DC ) e no minuto seguinte os times podem contratar.
O Miami Dolphins por estar acima do Cap - falarei sobre isso amanha, não pode colocar Tag em nenhum atleta. Este é o pior dos mundos numa reconstrução: sem uma equipe forte e sem Cap.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

E o Super Bowl coroou uma lenda da NFL...

Peyton Manning, o melhor de todos os tempos.
Peyton Manning é o Quarterback que eu queria no Miami Dolphins. E não falo de 2012, quando nós simplesmente nada fizemos de prático para ter ele no sul da Flórida. Ele é um Marino 2.0, ou seja, um Quarterback com capacidade para comandar elencos medianos e torná-los melhor do que na verdade são. E não é por acaso que ele encerra ( ao menos deveria fazer isso ) sua carreira sendo o detentor da maioria dos recordes que um QB persegue ( passes completados, jardas, Touchdowns ) assim como Marino o fez ao fim da temporada 99 ( curiosamente, a segunda de Manning ).

Peyton Manning é daqueles jogadores que chegam ao fim da carreira com uma vaga certa em Canton, Ohio. O Hall da Fama é mais do que certeza, é uma obrigação. E ele será eleito por unanimidade. E eu queria um QB assim no Miami. Eu queria alguém como ele no time, um All-Star certo. E o time não tem, em nenhuma posição. Cameron Wake talvez tenha alguma chance de entrar, mas será muito complicado e talvez não entre. Jarvis Landry é jovem mas parece com um futuro promissor. Suh é muito sujo para convencer os eleitores. E para por ai, não tem no elenco atual nenhum outro com cara de que possa chega por lá.

Peyton Manning. De que eu sou fa mesmo sem ele nunca ter jogado no Miami. E é, depois de Marino, o jogador que eu mais gosto na NFL, Que vai fazer falta na NFL e seguirá fazendo falta no Miami Dolphins. Mas que é um prazer poder vê-lo vencer outro Super Bowl, eu não posso negar.

Peyton Manning. O melhor de todos os tempos. E tenho dito!!!