domingo, 23 de abril de 2017

Perfil: Haason Reddick, LB - Temple


O perfil anterior ( Jarrad Davis ) caso o escolhamos na quinta terá uma certa cara de REACH, mas caso o escolhido seja Reddick terá uma achado, uma vez que ele está cotado para sair antes de nossa escolha. De uma Universidade menos famosa e que não costuma colocar atletas no Top 20 do Draft, Reddick tem capacidade atlética e instintos para ter destaque na NFL. Se ele sobrar em nossa escolha, teremos conseguido um atleta e tanto...

VISÃO GERAL

O atletismo de Reddick floresceu ao longo das duas últimas temporadas para as corujas. O ex-Runningback e Safety no High School mostrou flashes como um digno pass-rush em sua temporada como Redshirt ( 14 tackles, quatro para perda e um sack ) e sophomore ( 23 tackles, sete TFL, 1.5 sacks). Reddick e seu companheiro de equipe, Dion Dawkins,foram detidos por um assalto numa boate da Filadélfia em março de 2015, mas não foi suspenso. Ele resolveu jogar muito para se recuperar e conseguiu. Foi selecionado  para primeira equipe da Conferência, sendo titular 12 vezes, com 45 tackles, 12,5 TFL e 5 sacks. 

ANÁLISE
  • Pontos Fortes - Atleta explosivo, ágil e com grande flexibilidade, o que o permite mudar rapidamente de direção, algo que aumenta sua cotação como LB. Bom trabalho de pés e um ótimo posicionamento para iniciar o contato. Trabalhou em todas as posições do Front Seven, mostrando versatilidade;
  • Ponto Fracos - Vai precisar de mais força de jogo para afastar bloqueadores NFL, sobretudo de for usado como DE/DT. Faltam-lhe volume, o comprimento  e a força necessárias para atuar como um OLB de 3-4. Melhor contra o passe do que contra as corridas. Atuou em menos de 70 por cento dos snaps defensivos da equipe, o que não acontece com LB Starters da Liga;
  • Comparável na NFL - Ryan Shazier
  • Resumo - As lesões limitaram Reddick a apenas quatro jogos nos últimos dois anos do High School. O esquema de Temple o ajudou muito a potencializar seus números ( 3 fumbles forçados, 9,5 sacks e 21,5 TFL em 2016 ). Velocidade e atleticismo poderian dar-lhe uma chance maior de impactar o jogo como um 3-4 ILB ou um 4-3 OLB, em vez de tentar aumentar a massa para jogar como DE.

Nenhum comentário: