sábado, 31 de janeiro de 2009

Hora Phinática por The War: Season Arwards

Este homem aí com certeza foi o maior responsável pela nossa volta por cima


Bom, como dito, eu irei ter uma coluna aqui no blog, ele será uma vez por semana, geralmente aos sábados.
Na primeira edição irei falar sobre os melhores jogadores da temporada. Vamos começar.
MVP: Chad Pennington, QB: Após uma temporada cheia de altos e baixos com o Jets em 2007, Pennington chegou no TC brigando por posição com o fraco Kellen Clemens, mas após um tempo em que ambos se saíram muito mal nos treinos, a torcida começou a pedir por Brett Favre, que estava bem no meio de sua novela, e dias depois Favre foi trocado para o Jets e eles dispensaram Pennington. Dois dias depois o Dolphins confirmara a contratação do QB por dois, e ele foi muito bem, levando a nossa equipe a pós temporada, feito que não tinhamos desde 2001, e ele venceu pela segunda vez na carreira, o premio Comeback Player of the Year.
Menções honrosas: Ronnie Brown, Joey Porter.
OPOY: Ronnie Brown, RB: Brown foi draftado pelo Dolphins com o segundo pick do draft de 2005, no seu ano de rookie dividiu os carregamentos com Ricky Williams, em 2006, sem Williams, conseguiu chegar pela primeira vez na carreira a 1000 jardas, em 2007 estava em uma grande temporada, quando, na semana 7, contra o Patriots, soofreu uma seria lesão e perdeu a temporada, em 2008, começou ainda sentindo a lesão e sendo back-up de Williams, mas a partir da semana 3, contra o mesmo Patriots, começou a jogar muito bem, e ganhou sua primeira viagem ao pro-bowl, e agora na off-season ele está pedindo uma merecida extensão de contrato.
Menções honrosas: Greg Camarillo, Ricky Williams, Davone Bess, TGJ.

DPOY: Joey Porter, LB: Porter sempre foi um dos melhores OLB da liga, desde os tempos de Steelers até agora. Ele foi um dos principais líderes da equipe de Pittsburgh que venceu o Seahawks no SB XL, ele foi a três pro-bowls com o Steelers. Em março de 2007 o Steelers resolveu cortar Porter. Quando ele foi cortado muita equipes correram atrás dele, mas ele optou por vim para o Dolphins. Após uma temporada abaixo das espectátivas Porter foi muito bem essa temporada, ganhando sua quarta viagem ao pro-bowl.

Menções honrosas: Channing Crowder, Jason Ferguson, Akin Ayodole.

CPOY: Ricky Williams, RB. Willams ganhou esse prêmio pela volta por cima que ele teve na vida. Após fantásticos anos na universidade do Texas, Williams foi para o draft da NFL, onde ele é lembrado por Mike Ditka ter dado todo o seu draft para o Washington Redskins para selecionar ele, após alguns anos turbulentos com o Saints, ele foi trocado para o Dolphins por duas 1st round picks, ele teve excelentes anos em 2002 e 2003, indo ao pro-bowl, em maio de 2004 ele testou positivo para marijuana e teve uma multa e uma suspensão de 4 jogos, depois de seu terceiro problema com drogas, ele decidiu se aposantar. Depois, em Julho de 2005 Williams retornou para a NFL. Em 2006 ele teve mais problemas com drogas, e foi suspenso pela temporada inteira pela NFL. Ele jogou em 2006 pelo Toronto Argonauts da CFL. Em 2007 ele retornou a NFL, pórem na sua reestréia contra o Pittsburgh Steelers, após um tackle do LB Lawrence Timmons ele se machucou e perdeu a temporada. E em 2008 Williams voltou e ajudou muito o jogo corrido do Dolphins.

Menções honrosas: Ronnie Brown, Joey Porter, Matt Roth.

OROY: Davone Bess, WR: Bess jogou na universidade do Hawwai e entrou em 2008 para o draft da NFL. Pórem ele não foi selecionado e assinou com o Dolphins como UDFA, ele chegou no TC brigando por uma posição no elenco, e após ir bem nos treinos e nos jogos da pré-temporada ele conseguiu uma vaga no elenco, e foi outro que ajudou muito, principalmente depois da lesão de Camarillo.

Menções honrosas: Jake Long, Donald Thomas, Shawn Murphy.

DPOY: Kendall Langford, DE: Langford foi draftado terceiro round do último draft pelo Dolphins vindo da pequena universidade de Hampton, teve um ótimo TC, e foi starter desde a primeira partida, registrando o primeiro sack da sua carreira no mestre Brett Favre.

Menção honrosa: Phillip Merling.

Nenhum comentário: