domingo, 6 de março de 2016

Peyton Manning se aposentou. E eu já estou com saudades...

O Dan Marino de sua era...
E eis que o dia chegou: Peyton Manning resolveu que o melhor é parar por cima, como poucos jogadores podem fazer. Agora é lembrar o que ele fez nos campos da NFL, seus passes para Touchdowns, sua inteligencia rara... enfim, sua carreira brilhante.

Muitos críticos agora adoçaram as palavras, mas eu que sempre fui um admirador dele posso dizer: já está fazendo falta. Eu o defino como o Dan Marino de sua era, o melhor mas não o mais vitorioso ( o que não quer dizer que Brady, trapaceiro, seja o Montana dos nossos dias ). Manning para de jogar no mesmo patamar que Marino possuía em 99: liderando os principais recordes possíveis para um Quarterback. Ele, infelizmente, ao contrário de Marino com 2 títulos de Super Bowl.

Desperdiçamos a chance de ter ele vestindo nossa camisa pela total inoperância de nosso Front Office, que teve que recorrer a Marino para conseguir falar com Manning. Ele foi para o Colorado e por lá foi a 2 Super Bowls sem que o Dolphins conseguisse sequer ir para a post-season...

Fico feliz por ter tido o prazer de acompanhar a carreira inteira de Manning, que se aposenta como o melhor QB da história ( para mim, ele é ). 

Nenhum comentário: