sábado, 31 de outubro de 2009

Miami Dolphins x New York Jets

Vencemos os dois últimos jogos. Será pedir demais uma trinca dentro da casa deles?

Declarações de babacas a parte, será um jogão. Teremos as duas melhores equipes correndo da liga. Teremos dois bons times defensivos ( exceto nós contra o passe ) e eles sabem que podemos vencê-los. Mas o que fazer pra ficarmos próximos da vitória?

  • Estabelecer às corridas e mantê-las durante toda a partida. O Miami correu, e muito, contra o Saints no primeiro tempo, mas inexplicavelmente ficamos apenas no passe no segundo tempo. É preciso correr o jogo inteiro e isso é básico. Por isso Ricky Williams ( em ótima fase ) e Ronnie Brown tem que serem usados a exaustão.
  • "Anular" Braylon Edwards. Temos problemas quando enfrentamos grandes WRs e ele é um destes. Por isso temos que reduzir os danos possíveis. Mas como? Intimidando ( dentro das regras ) a Mark Sanchez, fazendo-o a lançar bolas forçadas e sem a "posição" correta.
  • Segurar os corredores do Jets. Eles tem um desfalque considerável ( Washington ) mas correram muito contra o Raiders, mas é fato que o time Oakland não é parâmetro. Mas mesmo assim temos que nos manter como uma das melhores defesas contra as corridas.
  • Forçar erros. Forçamos contra o Saints, mas infelizmente os cometemos quase na mesma proporção. Assim fica complicado. Por isso temos que pressionar ao máximo o QB do Jets e capitalizar com tais erros.
  • Segurarmos os passes. E isso vale para quase todos no elenco, exceto Brian Hartline que está quase perfeito nas recepções. Já TGJ, Fasano, Camarillo e Bess precisam de bastante breu nas mãos...
Quanto as declarações dos "babacas" do Jets, só tenho uma coisa a declarar: vencemos duas vezes - uma delas na casa deles - seguidas o odiado rival e somos os atuais campeões da Divisão, por coincidência em cima do Jets...

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Novo Tiroteio a vista?? Nas declarações já é...

Alguns jogadores do Jets parecem que vivem em outro planeta ( em sentido são ) e o seu Head Coach é um babaca chamado Rex Ryan. Abaixo uma coletânea de algumas sândices proferidas por estes "jogadores":

"Quero estar preparado para tirá-lo da partida. Quero atingi-lo e tirá-lo do jogo."

Bart Scott, LB do NY Jets ao fazer um comentário pra lá de infeliz e desnecessário. Mas enfim, ele é comandado de Rex Ryan.

"Chad Henne é o QB palhaço do ano"

Calvin Pace companheiro de Scott, sendo igualmente infeliz no seu comentário. Mas se Henne é um palhaço porquê a preocupação dos dois com ele?

"Foi um descuido, um acaso. Nós sentimos que somos uma equipe melhor que eles. Temos melhor defesa, melhor ataque, melhor Special Team enfim tudo."

Darrelle Revis CB ( com insônia ) ao falar sobre o confronto entre Dolphins e Jets no domingo. Quem esse cara pensa que é? Ele não consegue nem marcar TGJ...

"Eu realmente odiei quando vi Ronnie Brown fazendo a dança dos Golphinhos. Ok, eles estavam felizes, já que raramente nos vencem, mas eu quero um 'acerto' de contas domingo"

DE Shaun Ellis demonstrando como no Jets liga-se a boca primeiro ao invés do cérebro. Alias, alguém lá tem isso? E um adendo: como assim raramente vencemos os Jets?? Este idiota esteve aonde nas duas últimas partidas entre as duas equipes?? Em Marte?

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Joking Dolphin - Frases sobre TGJ...

"Ginn não teve culpa pela interceptação pois era um lance dificil, entretanto o mais prudente a se fazer ali era proteger a bola de uma interceptação"

Rafael Nóbrega, amigo do Blog e torcedor do Chargers de San Diego, sobre a Interceptação sofrida pelo Dolphins em um passe tentado pra TGJ...

"Definitivamente, não há nenhuma dúvida sobre isso. Ted é um dos caras mais explosivos na NFL com sua velocidade, o seu talento, e ele é bastane útil ao time. Ele melhorou muito, isso é o que nós nos esquecemos do ano passado, o quanto ele melhorou como jogador, como um corredor de rotas. Então eu não estou preocupado com isso, tenho plena confiança nele, e vamos começar o trabalho feito no um-contra-um."

Chad Henne, QB do Dolphins respondendo às perguntas se tentaria ( ou tentará ) mandar bolas no mano-a-mano para TGJ...

"Não tenho nada a declarar. E me desculpem, pois estou indo tentar dormir. Não tenho conseguido fazer isso direito desde o dia das crianças..."

Darrelle Revis, CB do Jets ( e com insônia ) ao ser perguntado como é marcar ( ou tentar ) TGJ em uma partida...

"Bom, ele tem 5 Tds recebidos na carreira em quase 40 jogos. Isso dá uma média de um TD para quase 8 jogos. Só que destes 5, dois foram contra o Jets e nas duas vezes o time venceu. E quando ele marcou correndo ( dois TDs contra Chiefs e Raiders ) o time venceu também. Então o que posso dizer? Go Ted, Go Henne, Run Ted, run..."

Flávio Vieira, dono do Blog ao ser perguntado sobre o que esperar de TGJ e do jogo de domingo...

Como anda o Miami - Week 8

Derrota, dolorida e sofrida diante do Saints de Drew Brees, que esteve por quase todo o jogo em nossas mãos. Infelizmente acontece, só que é a terceira na temporada...

O New York Jets, desta vez na casa deles. Eles vem de vitória contra ninguém ( Raiders ) e ainda não superaram a derrota no MNF da week 5. Assim sendo, é um jogo complicado mas acredito termos o necessário para uma nova vitória. Embora eu sempre acredite nisto...

O New England Patriots ( uma incrível sequência contra times que começam com "NEW" ), na casa deles. Tom Brady vem quentíssimo e será um grande adversário. Mas eu gosto de vencer grandes adversários. Aliás, quem não gosta.

2-4. Com a sofrida derrota pro Saints, voltamos a ter a mais duas derrotas mais que vitórias. Querem uma coincidência? Na temporada de 2008 estavámos na mesma situação e com um rival da AFC Leste na sequência, só que em casa. Acho que todos sabem o que aconteceu...

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Enquete nova no ar...

Em resposta as discussões sobre a temporada 2009 ( que para alguns ainda não está perdida ) coloco uma enquete a respeito no ar. São as opções:

1 - Sim, é possível irmos a Post-Season ainda em 2009;
2 - Sim, mas se vencermos Jets e Pats, pois teremos ótimas chances de ganhar a divisão;
3 - Não, mas se vencermos Jets e Pats quem sabe ainda dê pra sonhar;
4 - Não, sem chances de Post-Season em 2009 e temos que pensar em 2010.

As opções na enquete estão mais "curtas", mas em suma querem dizer o mesmo que contem neste post. Votem...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Juntando os caquinhos...

Após tomar a virada que tomamos no domingo. Muita coisa foi dita ( de certo e de errado ), perdemos um CB ( Will Allen ) pelo resto da temporada e estamos com 2-4. O que ainda podemos fazer na temporada? Comecemos pensando na nossa Divisão, que agora está assim:
  1. New England Patriots: 5-2 ( 1-1 na divisão );
  2. New York Jets 4-3 ( 1-2 na divisão );
  3. Bufallo Bills 3-4 ( 1-2 na divisão );
  4. Miami Dolphins 2-4 ( 2-0 na divisão ).

Analisando assim parece o fim do mundo. Mas não é bem assim. Somos o único time invicto na divisão e também o único a ter folgado até agora. Por isso é que se vencermos os dois jogos na sequência ( Pats e Jets - ambos fora ) ficaremos com 4-4 e os dois rivais citados terão suas Bye Weeks nas duas próximas semanas, primeiro o NY. Assim podemos estar na semana 9 com 4-4 e o Pats com 6-3, restando ainda uma partida, em Miami, para tentarmos uma reviravolta. Impossível? Não, mas pouco provável.

No entanto o mais plausível e buscar a segunda posição da divisão, o que depende apenas de nós: basta vencer o Jets novamente e contar a pausa deles. Neste momento e comentendo os erros absurdos cometidos na partida de domingo, até isso fica distante. Mas uma coisa eu garanto: não seremos lanterna.

Quanto a perda de Will Allen eu acredito que mais nos ajude do que nos prejudique, não exatamente no campo e nem neste momento ou que vá melhorar nosso rendimento imediatamente. Mas no médio prazo será vital para que os nossos promissores rookies ( Vontae Davis e Sean Smith ) possam ganhar experiência, apanhando e errando mas ficando melhores como jogadores.

domingo, 25 de outubro de 2009

New Orleans Saints 46 x 34 Miami Dolphins

Pouco pode ser dito sobre o segundo tempo. Entre o que pode ser dito:
  • Nosso time sofreu uma pane inacreditável. Marcou apenas 10 pontos e tomou nada menos que 36!!! Cedemos de graça 14 pontos pro Saints ( duas interceptações retornadas pra TD ) e tomamos incriveis 3 TDs de Drew Brees, que marcou correndo duas vezes na partida. Assim, realmente fica impossível vencer times mais fortes;
  • Drew Brees talvez tenha conseguido uma de suas maiores reviravoltas na sua brilhante carreira até aqui. Após sofrer 3 interceptações, massacrou a defesa do Miami no segundo tempo. Parabéns para ele e para seus fãs;
  • Miami Dolphins precisa de um "clutch player" na defesa e no ataque. Ou talvez um "player cool", que não se "assombre" diante de certas situações. A defesa como um todo sumiu no segundo tempo e vários WRs ( não irei citar nomes, mas foram vários mesmo ) droparam bolas em momentos decisivos, quando deveria aparecer eles sumiram.
  • Estamos com 2-4. É o fim do mundo? Não, mas para quem queria visitar a post-season pela segunda temporada seguida, é quase fim de linha. Não é nem pela derrota em si, pois o Saints era o favorito mesmo, mas como aconteceu: tendo chance de vencer por muitos pontos e perder por 12...

Agora é ir pra cima do Patriots de Tom Brady. E não cometer os mesmos erros de hoje...

New Orleans Saints 10 x 24 Miami Dolphins - Intervalo

Acreditem ou não, mas o Dolphins está vencendo o Saints por 24x10. Drew Brees foi interceptado duas vezes, mas no fim do primeiro tempo conduziu e bem um drive conseguindo ele mesmo marcar o TD, que pelo vareio que foi o primeiro tempo, saiu barato pro time de New Orleans. Chad Henne foi um QB seguro, mas Davone Bess comteu um fumble ( controverso diga-se ), mas a defesa está tendo uma atuação monstra até aqui. Esperemos o fim do jogo, mas creio que iremos vencer. Basta correr e deixar o tempo passar. E claro Ricky Williams com dois TDs é o heroi até aqui...

New Orleans Saints at Miami Dolphins

O jogo é em casa, em horário "quase nobre", contra um adversário que está invicto e quem tem um dos grandes favoritos para o prêmio de MVP. Derrota inevitável? Existem caminhos para evitá-la...

Algumas coisas a serem ditas que o Miami Dolphins precisa fazer para vencer o New Orleans Saints são óbvia demais: parar Drew Brees e correr com a bola cansando a defesa rival. Mas posso aprofundar esta análise:
  • Playbook ofensivo agressivo - Temos que manter o instinto que tivemos contra o Jets no último quarto do MNF do dia das crianças ( quando literalmente roubamos doce da boca de "crianças"!!! ). O bom é que a defesa do Saints não está no mesmo nível da defesa do Jets e em tese, deverá ser mais fácil conseguir marcar pontos. Mas o ataque do Saints é umas 3 vezes melhor que o do Jets também. Precisaremos que nossos WRs apareçam ( TGJ e Camarillo o fizeram na semana 5 ). Sem eles, será impossível vencer apenas correndo.
  • Correr, correr e correr - É algo óbvio, mas é o que temos de melhor em nosso ataque. E se conseguirmos estabelecer as corridas, iremos conseguir algo que todos sabem: ter posse de bola e cansar a defesa rival. A grande alegria é que Ronnie Brown está em temporada de MVP. Reitero sempre: ele ganhar é outra coisa.
  • Capitalizar erros - O nosso pass-rush terá papel determinante neste jogo. Se Brees tiver tempo ( algo em torno de 2s ) ele é mortal. Então a receita é pressionar ao máximo, obrigando-o a sair do pocket e tendo que se arriscar mais. Ai caberá a Secundária defletir passes e se der até umas interceptações. E se conseguirmos fumbles e/ou interceptações, temos que marcar pontos nestes erros. Uma ajudinha do Special Team seria ótimo também.

No mais, caso Brees seja o que tem sido, teremos que conseguir um milagre. Chad Henne deu mostras de que pode conseguir virar jogos...